Twitter            

.

.

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Bolsonaro promete novas regras para porte de armas de fogo

Resultado de imagem para bolsonaro atirando

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, 18, que o governo prepara um conjunto de normas que vai alterar as regras de porte de armas de fogo para praças militares, colecionadores, caçadores e atiradores esportivos. Bolsonaro não detalhou o decreto em elaboração, mas disse que haverá surpresas e novidades.

O presidente disse que já discutiu o tema com o Ministério da Defesa e obteve aval do ministro Fernando Azevedo e Silva. Segundo Bolsonaro, ficou praticamente garantida a concessão do porte de arma aos praças que atingirem a estabilidade na carreira militar, após dez anos de serviço. A ideia é dar o porte permanente aos militares, para que possam portar a arma 24h por dia e em dias de folga, inclusive na reserva.

“Teremos novidades. É o que vocês querem. O que a gente pretende é tratar os colecionadores, atiradores e caçadores com o devido respeito que eles merecem”, disse Bolsonaro. “E vamos ter surpresa, já foi acertado com o Ministério da Defesa, nesse novo decreto, para os praças com estabilidade assegurada nas Forças Armadas. Se um praça após 10 anos não puder portar uma arma ele tem que sair das Forças Armadas. Teve aceitação do ministro da Defesa.”

Bolsonaro também afirmou que o governo vai defender a aprovação de um excludente de ilicitude a cidadãos que fizerem uso de armamentos em legítima defesa da própria vida ou da propriedade. Segundo ele, um projeto em defesa da vida e do patrimônio próprios ou de terceiros será enviado à Câmara dos Deputados nas próximas semanas.

“Invasão de domicílio, uma chácara, o proprietário pode se defender atirando, e se o outro lado resolver morrer é problema dele. A propriedade privada é sagrada na Itália, e tem que ser no Brasil também”, afirmou o presidente. Em janeiro, decreto facilitou posse para civis.

Estadão Conteúdo

Hoje, 19 de abril de 2019, a nação comemora 371 anos da Batalha dos Guararapes, berço histórico do Exército Brasileiro.

Resultado de imagem para quem criou o serviço militar

A história do Exército Brasileiro começa oficialmente com o surgimento do Estado brasileiro, ou seja, com a independência do Brasil. Entretanto, mobilizações de brasileiros para guerra existem desde a colonização do Brasil, sendo as primeiras dignas de nota, as efetuadas contra as tentativas de colonização francesa no Brasil, nas décadas de 1550 e de 1610. Ainda durante o período colonial, na Batalha de Guararapes, no contexto das invasões neerlandesas do Brasil, os efetivos portugueses eram formados majoritariamente por brasileiros (brancos, negros e ameríndios). Por isto, 19 de abril de 1648, data da primeira batalha, é tido como o dia do surgimento do Exército Brasileiro.

No período colonial, o rei D. Manuel I mandou organizar expedições militares com a finalidade de proteger os domínios portugueses na América, então recém-descobertos.

À medida que colonização avançou em Pernambuco e São Vicente, as autoridades militares nativas e bases da organização defensiva da colônia começaram a ser construídas para fazer frente às ambições dos franceses, ingleses e holandeses.

Primeiras intervenções de vulto ocorridas foram a expulsão dos franceses do Rio de Janeiro, no século XVI, e do Maranhão, em 1615. À medida que avançou a interiorização através do amplo movimento de expansão territorial no século XVII e do início do século XVIII, as Entradas e Bandeiras forçaram a organização da defesa do território recém-conquistado. As forças expedicionárias de caráter eminentemente militar iniciaram a utilização da população local, particularmente de São Paulo, pelos capitães-mor, em busca de riquezas ou da escravização dos índios.




As Batalhas dos Guararapes, episódios decisivos na Insurreição Pernambucana, são consideradas a origem do Exército Brasileiro.

A guerra contra os holandeses, no século XVII, pela primeira vez mobilizou grandes efetivos no país, e particularmente começou a haver um sentimento de defesa nacional, independentemente da influência da coroa. A primeira Batalha de Guararapes (19 de abril de 1648) marca o início da organização do exército como força genuinamente brasileira formada por brancos locais, liderados por André Vidal de Negreiros, índios, liderados por Felipe Camarão, e negros/mulatos, liderados por Henrique Dias. Esta data é comemorada como o aniversário do Exército Brasileiro.

Hoje, 19 de abril de 2019, a nação comemora 371 anos da Batalha dos Guararapes, berço histórico do Exército Brasileiro.

Naquela oportunidade, o sentimento de Nação fez brotar a sinergia necessária para derrotar os invasores estrangeiros, mais numerosos e mais bem armados. Consolidamos ali, pela união das raças e convergência de ideais, o sentimento de Pátria.

Em solo nordestino, plantamos a raiz do Brasil de hoje, com negros, brancos, índios e mestiços, irmanados e ombreados para expulsar o invasor. Evoluímos, desde então, inspirados nos exemplos da Insurreição Pernambucana.

Como é celebrada a Páscoa entre Cristãos e Judeus

Imagem relacionada
A Páscoa Cristã é uma das festividades mais importantes para o cristianismo, pois representa a ressurreição de Jesus Cristo, o filho de Deus.  
A data é comemorada anualmente no primeiro domingo após a primeira lua cheia que ocorre no início da primavera (no Hemisfério Norte) e do outono (no Hemisfério Sul). A data é sempre entre os dias 22 de março e 25 de abril.
Dentro do cristianismo, diferentes religiões e denominações celebram a Páscoa de maneira diferente. Por exemplo, os protestantes celebram de maneira diferente que os católicos. Enquanto os católicos são encorajados a não comer carne na Quaresma, para os protestantes não existe essa restrição. Além disso, os protestantes não costumam celebrar todos os dias da Semana Santa como os católicos, dando mais importância à Sexta Feira Santa e Domingo de Páscoa.
Durante os 40 dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa - período conhecido como Quaresma - os católicos se dedicam à penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz.
A Semana Santa começa com o Domingo de Ramos, que lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, ocasião em que as pessoas cobriam a estrada com folhas da palmeira, para comemorar a sua chegada.
A Sexta Feira Santa é o dia em que os cristãos celebram a morte de Jesus na cruz. E por fim, com a chegada do Domingo de Páscoa, os cristãos celebram a Ressurreição de Cristo e a sua primeira aparição entre os seus discípulos.
A Páscoa já era comemorada antes do surgimento do Cristianismo. Tratava-se da comemoração do povo judeu por terem sido libertados da escravidão no Egito, que durou aproximadamente 400 anos.
Segundo a Bíblia, supostamente Jesus teria participado de várias celebrações pascais. Quando tinha doze anos de idade foi levado pela primeira vez pelos seus pais, José e Maria, para comemorar a Páscoa, conforme narram algumas das histórias do Novo Testamento da Bíblia.
A mais famosa participação relatada na bíblia foi a "Última Ceia", onde Jesus e os seus discípulos fizeram a "comunhão do corpo e do sangue", simbolizados pelo pão e pelo vinho.
Ver também o significado dos Símbolos da Páscoa.

Páscoa judaica

A Páscoa instituída entre os judeus - Pessach - é comemorada pela conquista da liberdade dos hebreus, que viviam como escravos no Egito. 
Essa libertação coincidiu com a Primavera, que ocorria no mês hebraico (nissan) que corresponde mais ou menos aos últimos dias de março e meados de abril.
As comemorações fundiram-se com as tradições religiosas de seu povo. A Páscoa foi ampliada pelo cristianismo com um novo sentido.
Os judeus seguem a tradição descrita no livro do Êxodo: “E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo” (Êxodo 12.14).
Durante as festividades da Pessach Pesach, é feito um jantar especial de comemoração chamado "Sêder de Pessach", que tem o objetivo de reunir toda a família. O Pessach judeu é comemorado durante sete dias.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Nota pública sobre o fim da censura

Resultado de imagem para imagem o amigo de meu pai stf

A Crusoé e O Antagonista agradecem aos seus leitores a solidariedade recebida durante os dias em que a revista e o site foram mantidos sob censura. Os nossos agradecimentos são extensivos a todos os jornais, revistas, emissoras de rádio e TV, sites e jornalistas na pessoa física que se uniram ao nosso protesto, mostrando o absurdo da decisão do ministro do STF e exigindo que a liberdade de imprensa fosse plenamente restabelecida. Importante também foi o apoio de diversos juristas e entidades dos mais variados campos. Agora é enfrentar o inquérito inconstitucional.

Mario Sabino e Rodrigo Rangel

ALEXANDRE DE MORAES RETIRA A CENSURA SOBRE A CRUSOÉ E O ANTAGONISTA. VITÓRIA DA DEMOCRACIA

Alexandre de Moraes derrubou a censura sobre a reportagem “O amigo do amigo de meu pai”, da revista Crusoé, bem como sobre os posts correlatos de O Antagonista.

Estamos esperando a notificação oficial para republicarmos as matérias jornalísticas que foram alvo do ato autoritário.
Quem venceu foi a democracia e um dos seus pilares, a liberdade de imprensa.
Clique AQUI para ler o despacho de Moraes.

STF autoriza que o ex-presidente Lula seja entrevistado

Lula está preso desde o dia 7 de abril de 2018

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quinta-feira (18) a liminar que impedia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conceder entrevistas.

A determinação é válida para todos os veículos de comunicação que pediram para conversar com Lula dentro da prisão em Curitiba, onde o petista encontra-se detido há mais de um ano.

Lula cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão imposta pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

"Nos termos do art. 485, inciso VI, do Código de Processo Civil, julgo extinta a presente suspensão de liminar. Ficam prejudicados, ademais, os agravos regimentais manejados por terceiros", determinou Toffoli.

Bolsonaro, um Presidente com espírito de Patriota

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé


A chuva começou cair, vieram colocar um guarda-chuva sobre Ele. Ele disse que não seria justo se proteger da Chuva enquanto os outros se molhavam. 

Esse é o verdadeiro soldado ! Ou se molha todo mundo ou não se molha ninguém!  Ninguém abandona o barco, deixando os companheiros pra trás ! Selva, guerreiro !

Bolsonaro, um Presidente com espirito de Patriota 

TEU PASSADO TE CONDENA: DEPUTADA PETISTA QUERENDO DA UMA DE BOA SAMARITANA PARA A CLASSE DA SEGURANÇA PÚBLICA DO RN

Resultado de imagem para a Deputada petista Natália Bonavides ( aquela que acusou Dr Maurílio Pinto de ser "o maior criminoso do RN).


Sindicatos e associações de segurança pública vão usar essa mobilização do dia 23 para mostrar união com a Deputada petista Natália Bonavides ( aquela que acusou Dr Maurílio Pinto de ser "o maior criminoso do RN). 
VEJA O INFELIZ COMETÁRIO DA PARLAMENTAR:
“Chega a ser irônico alguém falar que é contra bandido e grupo paramilitar, e ao mesmo tempo falar bem de Maurílio Pinto, um dos grandes criminosos do nosso estado e inclusive responsável, exatamente, por grupos paramilitares”, afirmou a vereadora na  sessão ocorrida em 22 de março 2018

Na tal mobilização, Natália Bonavides pretende aparecer como "lutadora" pela polícia e liderança pela carreira única policial. Vendendo esse sonho com apoio dos chamados " Policiais Antifascistas", Natália Bonavides espera manter os Operadores de Segurança Pública caladinhos diante das práticas petistas do Governo da patroa Fátima Bezerra.

Se as categorias de segurança pública não mudarem suas diretorias representativas urgentemente, o fumo será maior, mais grosso mais doloroso.

 A JENNIFER COMENTA SOBRE O INFELIZ COMENTÁRIO DA MENINA QUE DEPUTADA QUE ESTAVA ALGUNS DIAS INVADINDO TERRAS LÁ EM GOIÁS 
Maurílio Pinto, conhecido por “xerife”, dedicou 47 anos ininterruptos à Polícia Civil. Ele morreu no dia 19 de maio 2018, aos 76 anos de idade, por complicações do diabetes. Ele foi ex-subsecretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte e delegado aposentado da Polícia Civil.

 Para o conhecimentos de todos os potiguares o delegado Maurílio Pinto de Medeiros  foi  um verdadeiro líder para classe da segurança pública do estado! 

Quem tiver ouvidos, que ouça!

BOLSONARO: POR TRÁS DO GESTO, UM SÍMBOLO!

Por que Bolsonaro tomou chuva hoje? 

Tomar chuva juntamente com a sua tropa é um símbolo que somente militares são capazes de entender, sem necessidade de qualquer palavra! É desconfortável e aparentemente desnecessário. Mas militares cultuam a resistência, persistência, tranquilidade, simplicidade, superação de dificuldades e muitos outros valores.

 O líder máximo da nação se iguala ao de menor graduação num exercício de disciplina. "Estarmos todos no mesmo barco" é um exemplo de liderança silenciosa compreensível a todos que, passam pela situação conjuntamente com os outros. 

Mesmo que a compreensão se dê apenas inconscientemente, há a sensação de que se houver chuva ou outra intempérie ou dificuldade, continuaremos juntos. É uma tradição aprendida e valorizada por quem passa por situações de perigo e extrema turbulência e aprende a reconhecer o grupo, a camaradagem, a interdependência, o espírito de corpo. 

Foi um enorme símbolo de simplicidade que Bolsonaro deu ao seu povo que tem perdido tradições milenares que jamais deveriam ser esquecidas. 

Tal gesto foi ignorado e desprezado por jornalistas que estão completamente desviados do caminho dessas tradições que em nada atrapalham a evolução moderna, mas ao contrário, adicionam muito conteúdo a pessoas que cada vez mais estão vazias e afastadas de sua verdadeira natureza!

terça-feira, 16 de abril de 2019

Quando ministros do STF resolvem passar vergonha, ninguém pode impedi-los!

Os que deveriam garantir os direitos e deveres de cada cidadão estão dando um péssimo exemplo de autoritarismo
STF
“Quem vigia o vigilante?” Perguntou Caio Coppolla brilhantemente nesta manhã no programa “Morning Show” da rádio Jovem Pan. Os guardiões da Constituição Federal estão se dando ao expediente autoritário que pratica a censura sem o menor constrangimento e, com isso, cerceia o direito à liberdade de expressão no país.
Apontar numa matéria os escândalos envolvendo o Poder Executivo ou Legislativo – seja do campo progressista ou conservador – como foi os casos envolvendo os desvios de verba pública por parte dos “amigos dos amigos” de Lula ou do Eduardo Cunha em Paris é simplesmente normal no ambiente democrático nacional.
Agora, se surge algum apontamento [ainda que embrionário] que possa sugerir qualquer relação mínima de um Ministro do STF com gente em situação de conflito com a lei, o que vemos é censura arbitrária e gratuita.
Inclusive temo por escrever sobre isso. Corro o risco de também ser censurado.
Afinal de contas, estamos num Estado Democrático de Direito? Os profissionais da imprensa brasileira são livres para noticiar acontecimentos como a delação do Marcelo Odebrecht? E ainda que seja algo falso, não seria uma decisão muito apressada ordenar que se apague uma publicação sob o risco de multa de cem mil reais por dia? Se não é verdadeiro, se é uma “fake news”, qual é o temor?
Caro leitor, este episódio é tão patético, mas tão patético que não pode ser sustentado por tanto tempo.
O poder de investigação criminal não cabe ao STF, mas, sim ao Ministério Público Federal. E a Procuradora Geral da República Raquel Dodge já ordenou o arquivamento (isso mesmo!) deste inquérito antidemocrático que foi aberto por Alexandre de Moraes a mando de Dias Toffoli.
Ou seja, a censura foi exposta nacionalmente e obteve uma reação institucional digna de nossa Constituição.
Os que deveriam garantir os direitos e deveres de cada cidadão estão dando um péssimo exemplo de autoritarismo e provando que alguns podem desejar se colocar acima da lei, pois aparentemente não há quem os impeça.
Só que o antídoto para a democracia é mais democracia. Felicito a PGR pela decisão de arquivar este inquérito irrefletido e desejo muitíssimo que as Instituições se fortaleçam mais e mais. Espero também que o debate no Senado sobre a abertura da “CPI da Toga” seja reaquecido, de modo que tenhamos um avanço nesta questão.
A censura, tão esperada pelos opositores por parte do Governo Bolsonaro, continua vindo do lado petista da história. Não deixemos de enfatizar que Dias Toffoli só está onde está porque o Lula o indicou sem que este tenha sequer sido aprovado num concurso para juiz de primeiro grau – e isso por duas vezes.
FICA A DICA!



PRENDA ESSE LOUCO!!! Homem ameaça jogar um bebê pela janela de um prédio para ganhar 1000 Likes no Facebook

As pessoas estão dispostas a qualquer coisa na corrida pela fama na internet, até mesmo colocar a vida de inocentes em perigo como aconteceu nesse caso. Um fato que leva a uma reflexão: Até onde as pessoas devem ir em busca de alguns minutos de fama nas redes sociais? Esse artigo conta a história verídica de um homem que segurou um bebê com uma mão no topo de um prédio só para conseguir 1.000 ‘curtidas’ em seu Facebook.
O homem é da Argélia e foi condenado a dois anos de prisão por colocar a vida do bebê em risco ao segurá-lo sem proteção alguma em um prédio de 15 andares. O motivo fútil também foi decisivo na hora da sentença.

Um fato assustador

O homem postou a imagem segurando o bebê com a legenda: “1.000 ‘ likes ou eu vou largá-lo”. O homem foi preso logo depois que a foto ganhou repercussão nas redes sociais, ele foi acusado de colocar em risco a vida do bebê indefeso.
Entre as acusações contra ele, também pesa a de abuso infantil. O homem é parente da criança e afirmou que a foto havia sido adulterada pelos internautas. Segundo ele, na foto havia barras de proteção e não corria risco da criança cair.
“A foto foi tirada em uma varanda com barreiras de proteção que foram removidas”, disse ele. O pai do bebê pediu ao Juiz que perdoasse o homem, pois tudo não passava de uma brincadeira. O juiz não acatou e considerou que existiu risco de morte.
Os internautas ficaram revoltados com a postagem da foto e nos comentários, ao invés de curtidas, o homem recebeu milhares de reações de indignação.  

Bolsonaro sobre o STF: “Estão lá sem mérito algum, tipo o Corinthians, que conquista Mundial sem Libertadores kkkk



Através do Twitter, o presidente Jair Bolsonaro criticou nesta terça-feira (16), a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que determinou que os sites da revista Crusoé e O Antagonista retirem do ar reportagem e notas publicadas sobre o presidente da corte, Dias Toffoli.

QUEM MANDA SER ABESTALHADO!!! A história do ‘marmanjo’ que foi enganado por uma ‘piriguete apaixonada’; veja as fotos

Com a popularização do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp, a comunicação entre as pessoas tornou-se muito mais rápida, fazendo com que os usuários fiquem praticamente o dia todo conectados.
São comuns também os vários grupos, seja da família, dos amigos ou do trabalho, fazendo com que a ligação por voz fique cada vez menos requisitada.
Mas como tudo na vida, muitas pessoas acabam utilizando essa ferramenta de forma ilícita, assim como para praticarem golpes. Foi o que ocorreu com um homem, o qual afirma ter sido enganado por uma suposta mulher chamada Anny Fernanda.
Em seu relato, o rapaz afirma que ficou simplesmente encantado com a garota, diante de sua beleza, e de seu corpo escultural. Tudo começou pelo Facebook. A suposta golpista agia enviando solicitações de amizade para várias pessoas e, ao ser adicionada, pedia o número de WhatsApp.
A vítima conta que os dois ficaram conversando por alguns dias, até que em um determinado momento ela sugeriu que eles se encontrassem. Entretanto, ela afirmou que morava em outra cidade, distante de onde o rapaz vivia. Com isso, ela solicitou a ele uma determinada quantia em dinheiro, para que pudesse custear a viagem, e se encontrar com o rapaz.
A essa altura, ele já estava muito envolvido com Anny, e assim que aceitou a condição, ela rapidamente lhe enviou os dados da conta para o depósito.

O homem então, depositou o dinheiro e, no dia marcado, foi até o local onde tinham combinado o encontro, no horário correto. Porém, para a sua infelicidade, aquela mulher que ele achava tão linda e maravilhosa nunca apareceu, e nunca mais respondeu suas mensagens. Foi aí que ele percebeu que na verdade tinha caído em um golpe.

Indignado, o rapaz usou suas redes sociais para desabafar, e dar o alerta para que outros homens não caiam nessa mesma armadilha que ele caiu.
kkkkkkkkkkkkkkkkk

Justiça determina: Não pode falar mal dos arrombados do STF



A Primeira Vara da Justiça Federal, divulgou decreto que impede a imprensa de falar mal do STF a partir desta terça-feira (16).

Os ministros poderão acionar a PF sempre que se sentirem ofendidos por alguém da imprensa ou por desacato da população nas ruas, vôos, etc.

A grande imprensa lamenta a decisão da justiça e divulgou nota por meio da Deep Web com medo de retaliação.

Mulher é presa após engravidar de defunto em necrotério onde trabalhava?


Trabalhar em um necrotério é estar cercado por cadáveres. No entanto, alguns dizem que se você se acostumar com isso, todos os pensamentos assustadores acabarão desaparecendo.

Porém, se o funcionário do necrotério começar a se sentir muito à vontade com os cadáveres, e assim começar a pensar neles de uma maneira íntima, é chamado de necrofilia. Segundo especialistas, a principal motivação para os necrófilos é a ideia de possuir um parceiro que não resista nem os rejeite.

Tais pensamentos podem ter cruzado a mente de uma agente funerária que, segundo relatos, trabalhava em um necrotério em Lexington, Missouri, e ficou grávida após ter relações sexuais com um defunto.

A suposta mulher foi identificada como Jennifer Burrows, que se apaixonou por um defunto.
Uma vez, durante um turno tardio, Jennifer pôs os olhos em um atraente corpo masculino morto. Então, ela lavou o cadáver na mesa de exame onde teve contato íntimo com o mesmo.

Mulher confessa para médico que mantinha relações íntimas com cadáver?
Algumas semanas depois do incidente, Jennifer notou que seus períodos menstruais estavam atrasados. Ela fez um teste de gravidez e constatou que estava grávida.

Ao consultar o médico, ela admitiu que não mantinha contato íntimo com ninguém, exceto o cadáver. O médico notificou as autoridades e Jennifer foi presa acusada de necrofilia.

Embora a mídia, ocasionalmente, relate casos reais de trabalhadores ou intrusos que tentam se envolver em relações com corpos de mortos em cemitérios e necrotérios, muitos outros casos são chamadas de fake news e, conforme relatado por vários sites especializados no combate às notícias falsas, o caso de Jennifer também se trata de uma fake news.

Tal fato é simplesmente constatado pelo fato que se o coração não bate e não há circulação sanguínea, o ato se torna impraticável.