quinta-feira, 29 de junho de 2017

Temer acena com nova contribuição, e centrais esvaziam greve


“O governo abriu negociação e muitos dos pontos criticados na reforma serão reformulados por medida provisória. A reforma da Previdência está praticamente enterrada”, disse Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, presidente da Força Sindical.

Entre as medidas propostas, segundo ele, está um novo mecanismo de financiamento baseado na representatividade sindical. “É um modelo que privilegia a representatividade e não o sindicalismo arcaico.”

As centrais sindicais estão em desacordo sobre a mobilização desta sexta-feira desde a semana passada. Tanto que desistiram de chamar a mobilização de greve geral, passando a se referir ao evento como dia de greve e protestos.

“Os outros sindicatos nunca quiseram greve. Quem quer fazer revolução é a CUT”, afirma um dirigente sindical que pediu para não ser identificado.

Segundo Paulinho, os sindicatos do setor de transporte ligados à Força e UGT já tinham decidido há mais de uma semana que não iriam aderir à greve. “Mais um dia de greve iria penalizar o trabalhador, que é quem mais depende de transporte público.”

Alex Fernandes, coordenador geral do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, diz saber que algumas centrais começaram a negociar com o governo. “Tem sim discussão de algumas centrais sindicais que querem fazer acordo com o governo. Isso impediu que as categorias aderissem à greve.”

Procurado, a reportagem não conseguiu falar com o presidente da CUT, Vagner Freitas, para discutir o esvaziamento da greve.
Greve de 30/06 vira dia de protestos

O sindicato dos metroviários de São Paulo desistiu de aderir à greve desta sexta-feira em assembleia realizada na noite desta quinta. O recuo foi motivado pela falta de apoio de outros sindicatos do setor de transporte, como motoristas de ônibus e ferroviários.

“As greves não aconteceram e os metroviários não pararam porque não sentiram segurança nas centrais”, diz Alex Fernandes, coordenador geral do Sindicato dos Metroviários de São Paulo.

Ele diz que a categoria vai avaliar melhor amanhã o que aconteceu, já que um indicativo de greve foi votado na semana passada.
São Paulo vazia devido a paralisação
Uma parte dos ferroviários, que operam as linhas 7 e 10 da CPTM, também realizou assembleia hoje à noite e decidiu não aderir à greve.

Das grandes categorias, apenas o sindicato dos bancários de São Paulo e Osasco manteve adesão à paralisação. Mesmo que as agências fiquem fechadas, a população ainda pode realizar transações bancárias nos caixas eletrônicos, por telefone e internet.

Apesar da greve ficar esvaziada em São Paulo, a CUT e movimentos sociais mantiveram o protesto marcado para as 16h em frente ao Masp, na avenida Paulista, centro da cidade.

Levantamento realizado pela CUT indica greve em outros Estados, além de protestos em diversas capitais do país.


Governo do estado inicia folha de junho nesta quinta-feira (29)

O Governo do Estado do RN inicia nesta quinta-feira (29) o pagamento do funcionalismo de junho, quando deposita os salários dos 23.267 servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possuem recursos próprios, uma soma equivalente a R$ 50,1 milhões.
Na mesma data, os servidores da Educação também recebem a primeira parcela do 13º salário, adiantamento que os servidores da Administração Indireta independente já receberam desde 24 de junho. O pagamento de 40% do 13º salário para os dois grupos, somado ao início da folha de junho, representa uma injeção de mais R$ 75 milhões na economia.
O pagamento de junho das demais categorias será realizado a partir da disponibilidade de caixa. O 13º salário do funcionalismo será quitado durante o exercício de 2017.

EM MOSSORÓ POLÍCIA CIVIL PRENDE MÃE E FILHO COM DROGAS E MUNIÇÕES

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró, montaram uma operação no início da tarde desta quarta feira 28 de junho,visando prender suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas em Mossoró/RN.
Segundo o delegado da especializada, Antônio Teixeira Júnior, sua equipe tinha informações de que um carregamento de drogas teria chegado e despejado em uma residência, localizada na Rua Gurgel no Alto da Pelonha.
A equipe da Denarc usando carros descaracterizados ficaram em campana nas imediações da casa e quando perceberam a chegada de uma pessoa em atitude suspeita, partiram para a abordagem.
Durante as buscas no interior da casa, encontraram 37 munições de fuzil AR-15,aproximadamente 08 quilos de de um pó semelhante a cocaína, além de 05 quilos de crack. A droga segundo o delegado esatá avaliada em 650 mil reais.
Todo material estava enterrado no quinta da residência e foi localizado devido a experiência dos agentes, que lidam constantemente com situações semelhantes.
A dona da casa, Érica Patrícia de Oliveira de 34 anos e seu filho, Ericles de Oliveira da Silva de 18 anos, foram presos e conduzidos a sede da Denarc para os procedimentos na forma da lei.
De acordo com o Dr. Antônio Teixeira Júnior Érica Patrícia já responde processo na justiça e possui um mandado de prisão em aberto por homicídio qualificado.
Após os procedimentos realizados na Denarc, mãe e filho passaram pelo ITEP onde se submeteram a exames de corpo de delito e depois encaminhados à Unidades Prisionais da cidade. Ela Penitenciária Mário Negócio e ele Cadeia Pública.

Renan renuncia à liderança do PMDB e diz que não vai ceder ao governo Temer

Eunício Oliveira (d) confirmou que Renan Calheiros renunciará à liderança do PMDB no Senado
O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) renunciou nesta quarta-feira (28) à liderança do PMDB no Senado. Em discurso no plenário, o político voltou a criticar o governo Temer, como vinha fazendo há semanas.
“Deixo a liderança do PMDB”, foi a primeira frase do senador. “Procurei exercer [a liderança] com dignidade, sempre orientado pelos objetivos do país”.
Renan disse também que renuncia por não compactuar com as ideias do governo e as reformas propostas pelo poder Executivo. “Não estou disposto a liderar o PMDB atuando contra os trabalhadores e estados mais pobres da Federação”, disse ele. “Não vou ceder a um governo que trata o partido como um departamento do poder Executivo”.
Mais cedo, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), havia afirmado que Renan Calheiros (PMDB-AL) renunciaria porque se “perdeu o ambiente”.
“[Renan] esteve comigo ontem e na conversa que nós tivemos ele me disse que tinha perdido o ambiente de liderar a bancada e achava melhor ir cuidar do mandato”, contou Eunício antes de entrar no plenário nesta quarta. “Por esse motivo ele iria fazer um pronunciamento e na sequência faria uma reunião da bancada para a decisão final, que é da escolha da saída dele e da escolha de um novo líder”, declarou.
Na avaliação de Eunício, a saída de Renan não tem “nada a ver” com o aprofundamento da crise política no país que atinge principalmente o presidente da República Michel Temer desde a revelação da delação de executivos e ex-executivos da JBS, em 17 de maio.
“Pelo contrário, acho que o Renan está tendo a grandeza de pedir para sair exatamente para unificar e harmonizar a bancada”, argumentou.
Na terça-feira, Renan teve um bate-boca ríspido com o presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), que o ameaçou de tirá-lo da liderança do partido no Senado caso Renan quisesse votar contra a reforma trabalhista. O alagoano retrucou e disse que se fosse para tirar direitos dos trabalhadores, preferiria deixar a liderança da legenda.
Ao longo das últimas semanas, Renan Calheiros tem feito diversas críticas ao governo Temer. No discurso de ontem, no plenário, acusou o presidente de se render aos desmandos do ex-deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso, e disse que Michel Temer deveria seguir uma sugestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSBD) e renunciar ao mandato.

Cotados para sucessão rejeitam possível indicação

Nesta tarde, com os rumores cada vez mais fortes de que Renan Calheiros renunciaria à liderança do partido no Senado, o senador Jader Barbalho (PMDB-PA) disse que lamentava a decisão, mas ressaltou que a atitude era exclusivamente de cunho pessoal do alagoano.
“Lamento se isso ocorrer. Considero que o Renan é um excelente líder e eu vou lamentar se ele tiver de deixar. Mas é uma decisão. Se dependesse de mim, Renan não sairia da liderança”, afirmou.
O nome de Barbalho estava sendo considerado nos bastidores como um dos cotados para substituir Renan na liderança da sigla. O senador, porém, afirmou que “está fora de cogitação” e que recusará um eventual convite.
Segundo Barbalho, o motivo para as discórdias dentro do partido é o “ambiente” político, sem dar mais detalhes.

Gilmar Mendes recebeu Temer e dois braços direito do presidente para jantar em sua casa nesta semana

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, serviu um jantar em sua casa para o presidente Michel Temer e os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha na noite desta terça-feira, 27. Oficialmente, o Planalto diz que o encontro já estava marcado há muito tempo e era para tratar de reforma política. Mas o jantar não foi informado na agenda oficial do presidente nem dos ministros. Um dia após o encontro, porém, Temer decidiu escolher a subprocuradora Raquel Dodge para suceder Rodrigo Janot na Procuradoria-Geral da República. A escolha dela tem o aval de Gilmar Mendes.
Estadão

Deputados divergem sobre legado de Robinson na segurança pública do RN

A avaliação do governador Robinson Faria (PSD) sobre os investimentos realizados pela sua administração e a gestão empenhada na área de segurança pública seguem rendendo manifestações públicas de figuras importantes da política estadual. Desta ​vez, quem ​emitiram pareceres sobre o posicionamento do governador foram os deputados Fernando Mineiro (PT), Kelps Lima (SD) e Galeno Torquato (PSD), dos quais dois são oposição e um, situação.
Na ótica do deputado petista Fernando Mineiro, o governador vem fazendo ​uma ​auto avaliação muito distante da realidade, uma vez que os números de violência estão crescendo com o passar dos anos e, em 2017, antes mesmo de se completar seis meses, o estado já registrava mais de 1 mil homicídios.
“Eu acho que quando ele falou em deixar um legado na segurança pública do Rio Grande do Norte, faltou acrescentar a palavra ‘negativo’ entre a frase. Acho que essa auto avaliação que está sendo feita foge bastante da realidade que vivemos. De qualquer modo, torço muito para que ele consiga de fato deixar um legado bom, mas percebemos que pelo andar da carruagem vai ser muito difícil. Acho que seria mais sensato para ele reconhecer o momento e pensar em soluções”, disse ao Agora Jornal.
Quem pensa parecido com Mineiro é o deputado do Solidariedade Kelps Lima. Para ele, Robinson ​”​perde a nossa da realidade​”​ ao falar que seu governo deixará um legado positivo na segurança pública do estado, e para embasar sua opinião, citou os altos índices que vão de encontro ao pronunciamento do chefe do executivo estadual.
“Eu vejo da seguinte maneira: ou o governador está mentindo ou perdeu completamente a noção da realidade. Se for o segundo caso, devemos ficar muito preocupados. Está muito claro que não existe legado positivo. O RN hoje soma um maior número de assassinatos, maior número de fugas, maior número de mortes em presídios, maior rebelião já registrada em solo potiguar, etc.”, contou.
“São situações que comprovam o caos na segurança do Estado. Isso sim é um legado, mas um legado negativo. Se ele acredita no que ele falou, nós que moramos aqui estamos numa situação muito complicada. Afinal, se o governador crê que sua gestão, diante de tudo que vem acontecendo, ainda assim vai deixar algo de positivo para o RN, prova que está completamente fora de noção”, concluiu Kelps.
A reportagem do Agora Jornal também ouviu o deputado Souza Neto (PHS) acerca das declarações de Robinson. Diferentemente dos opositores, Souza preferiu ​não atacar a gestão estadual do pessedista e deixou que as avaliações quanto a eficácia da segurança no Estado sejam ​feita​s ​pela própria população, que está diariamente usufruindo dos serviços.
“Segurança é algo sistêmico, que engloba não apenas polícia nas ruas, mas inteligência, unidades prisionais, saúde pública, ação social e educação. Vejo como uma situação bastante complexa. Quem melhor poderá julgar o governo é o cidadão, não só atualmente como também depois que o governador encerrar seu mandato”, pontuou.
Do lado do governador, o deputado Galeno Torquato (PSD), membro bancada governista na Assembleia Legislativa, disse que Robinson não mente quando fala em deixar legado positivo no RN no setor de segurança. Para embasar sua declaração, citou a reforma feita recentemente na Penitenciária Estadual de Alcaçuz e a promoção de policiais realizada nos últimos no Estado, além dos sucessivos investimentos em tecnologia que visam, sobretudo, equipar ainda mais o sistema do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) potiguar.
“Ele tem mantido a questão da segurança pública como uma prioridade do seu Governo. Realizou recentemente uma grande reforma em Alcaçuz, mudando a face daquele equipamento prisional. Realizou ainda a maior promoção de policiais, além de investir em equipamentos e tecnologia para o Ciosp. Claro que existe ainda muito trabalho a ser feito. O Rio Grande do Norte, assim como o restante do país, tem sofrido com o aumento da violência, mas o governador tem feito o dever de casa e certamente seu Governo deixará uma grande contribuição para a segurança do RN”, cravou.
As declarações de Robinson Faria sobre deixar um legado positivo no Rio Grande do Norte foram dadas com exclusividade ao Agora Jornal durante a assinatura da ordem de serviço para obras de saneamento em São Miguel do Gostoso. Na oportunidade, o governador disse: “O governo que mais teve políticas públicas para a segurança foi o meu. As críticas até me desafiam, mas eu tenho a consciência aberta. Depois dos quatro anos do meu mandato, virá o julgamento e o povo verá que o meu governo deixou um legado na segurança”, assinalou.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Temer diz que denúncia é ataque “injurioso e infamante” à sua dignidade

O presidente Michel Temer fez um pronunciamento no qual contestou a denúncia apresentada ontem (26) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo ele, “reinventaram o Código Penal” e inventaram uma nova categoria, a denúncia por ilação. No pronunciamento, Temer disse que está sofrendo um ataque “injurioso, indigno e infamante” à sua dignidade pessoal.
“Fui denunciado por corrupção passiva, sem jamais ter recebido valores, nunca vi o dinheiro e não participei de acertos para cometer ilícitos. Afinal, onde estão as provas concretas de recebimento desses valores? Inexistem”.
Ontem (26), Janot denunciou o presidente Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de corrupção passiva. A acusação está baseada nas investigações iniciadas a partir do acordo de delação premiada da JBS. Esta é a primeira vez que um presidente no exercício do mandato é denunciado ao STF por corrupção.
Ficção
O presidente classificou a denúncia de ficção. “Criaram uma trama de novela. A denúncia é uma ficção”, disse.
Gravação é ilícita
Sobre a gravação da conversa que teve com o empresário Joesley Batista, no Palácio do Jaburu, Temer afirmou que a gravação é uma prova ilícita e não pode ser aceita pela Justiça.
A denúncia de Janot  foi enviada ao ministro Edson Fachin, relator da investigação envolvendo o presidente, e só poderá ser analisada pelo Supremo após a aceitação de 342 deputados federais o equivalente a dois terços do número de deputados da Câmara. O advogado de Temer, Antônio Cláudio Mariz, afirmou que presidente é inocente das acusações de prática de corrupção.
Fonte: Agência Brasil

Aluno que humilhou professora vai responder criminalmente pelos seus atos

O caso do “aluno que sentou no colo do namorado dentro da sala de aula” teve repercussão nas redes sociais por conta de um vídeo gravado pelo próprio estudante. O jovem, que é homossexual, aparecia chamando a diretora do colégio de homofóbica após ela pedir para que ele não ficasse no colo do namorado dentro da sala de aula.
O caso ocorreu na Escola Aida Cortez Ramalho Pereira, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. O aluno em questão se chama Ricardo Silva, tem 18 anos, e está no terceiro ano do ensino médio.
Diferente do que pensa Ricardo, a sala de aula não é local para se comportar como bem entender, como por exemplo sentar no colo do namorado. Diante do comportamento inadequado para o ambiente, a diretora chamou sua atenção e foi ofendida pelo mesmo, que a acusou de estar sendo homofóbica.
No vídeo, Ricardo diz: “Eu estou aqui sentado no colo do meu namorado e a diretora quer me tirar do colo do meu namorado”.
Após o caso, a diretora, que também é professora na mesma escola, procurou um promotor especialista em educação. “Queria que ele entendesse a gravidade da situação. Algo tem que ser feito”, disse ela para o site G1.
O caso acabou parando na delegacia e o rapaz irá responder criminalmente por ter acusado sua professora, e diretora da escola, de forma caluniosa e indevida.
Veja a explicação do delegado do caso no vídeo abaixo:

Governo do Estado encerra folha de maio dia 30

O Governo do RN deposita nesta sexta-feira (30) o complemento salarial dos servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil, soma equivalente a R$ 66 milhões.
A folha de maio vem sendo paga desde o dia 29 do referido mês e mais de 80% do funcionalismo já havia recebido integralmente os salários no início de junho.

“Temos o grande desafio de combater o analfabetismo”, disse o prefeito Fernando Cunha

IMG_8550
Construir uma escola que atenda as necessidades mais diversas dos estudantes. Esse foi o tema norteador do Seminário de Educação Infantil e de Inclusão, realizado no último dia 27 do mês passado, pela Secretaria Municipal de Educação de Macaíba.
Reunindo profissionais que atu am na educação infantil, o seminário aconteceu no salão de recepções Elion, localizado no bairro de São José. Presente no evento, a Folha de Macaíba conversou com o prefei- to Fernando Cunha sobre os desafios do município na área da educação.
O gestor municipal apontou o fortalecimento da alfabetização como meta de seu atual mandato. “Hoje temos o grande desafio de combater o analfabetismo. Grande parte da população é analfabeta ou sabe ler pouco e temos que pensar como lidar com esssas situações e dar continuidade com a melhoria nas estruturas físicas das nossas escolas”, disse Fernando Cunha.
Confia a matéria na íntegra no Jornal Folha de Macaíba.

Uma jovem foi baleada dentro de casa em Macaíba


Uma jovem foi baleada dentro de uma residência no bairro Campo das Mangueiras, no centro de Macaíba, na noite desta terça-feira (27).
Segundo a ConnectTV Macaíba, a vítima foi socorrida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Macaíba. Com relação ao atirador,  a polícia informou que não entraria em detalhes para não atrapalhar as investigações.
Ainda não se sabe o estado de saúde da vítima.
ConnectTV Macaíba

Na disputa da folha, Carlos Eduardo Alves está melhor que Robinson

Resultado de imagem para Carlos Eduardo e Robinson Faria
Enquanto o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves fechou o pagamento da folha de pessoal do mês de maio no dia 15 de junho, o governador Robinson Faria anunciou que terminará de pagar a folha dos servidores do Estado no dia 30 do junho.
Nesta pisada, Carlos Eduardo Alves está ganhando de Robinson e aparentemente a prefeitura de Natal deverá colocar a folha em dia antes do governo do RN.

Denúncia contra Temer: Veja os novos trechos, antes inaudíveis, do áudio revelados pela PF

Vinculado à Polícia Federal (PF), o laudo do Instituto Nacional de Criminalística confirmou o ponto central do diálogo entre o presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS, no qual se debate a realização de pagamentos “todo mês” ao deputado cassado Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara. Além disso, outras descobertas foram feitas durante a perícia, que constatou não ter havido qualquer adulteração e que as 294 interrupções identificadas se devem às características do aparelho. Confira abaixo os novos trechos.
‘O EDUARDO TAMBÉM, NÉ?’
A transcrição do diálogo mostra que Temer questiona Joesley sobre Eduardo Cunha. Ainda revela que o presidente alertou sobre obstrução à Justiça.
No encontro, Joesley disse a Temer que não podia encontrar com o ex-ministro Geddel Vieira Lima, próximo a Temer, porque ele passou a ser investigado. Segundo as frases reveladas pelo relatório, Temer alerta que poderia “parecer obstrução de Justiça” e a situação era “perigosíssima”.
Na sequência, Joesley fala que está “de bem com o Eduardo”, que seria, segundo os investigadores, o ex-deputado Eduardo Cunha. Temer responde, então, “tem que manter isso, viu?”, e ouviu Joesley dizer: “todo mês”. A frase havia sido interpretada pelo perito Ricardo Molina, contratado pela defesa de Temer, como “todo meio”. O relatório da PF mostra que o presidente questionou Joesley em seguida: “O Eduardo também, né?” E o empresário confirmou: “Também”.
Joesley: Como é que tá, como é que o senhor tá nessa situação toda aí, Eduardo, num sei o quê, Lava-Jato…
Temer: O Eduardo resolveu me fustigar, né? Você viu que…
Joesley: Eu não sei. Como é que tá essa relação?
Temer: Não, tá… Ele veio (ininteligível)… Tem nada a ver com a defesa (ininteligível). Moro indeferiu vinte e uma perguntas dele que não tinha nada a ver com a defesa dele.
Joesley: Hum, pois é.
Temer: Era pra me entrudar. Eu não fiz nada. E no Supremo Tribunal Federal (ininteligível)
Joesley: Eu queria falar assim, como tá aqui na (ininteligível). Fiz o máximo que deu ali, zerei tudo. O que tinha de alguma pendencia daqui pra ali zerou, tal…
Temer: (Ininteligível) tudo.
Joesley: (Ininteligível) Liquidou tudo e ele foi firme em cima, ele já tava la, veio, cobrou, tal, tal, tal, eu, (ininteligível) pronto. Acelerei o passo e…
Temer: É…
Joesley: Tirei da frente. O outro menino, companheiro dele que tá aqui, né?
Temer: (lninteligivel).
Joesley: Que… Que tá aí, que o Geddel sempre tava…
Temer: O Lúcio tá aí?
Joesley: (lninteligível) Não, não (ininteligível)
Temer: (Ininteligivel).
Joesley: Isso, isso …
Temer: (Ininteligivel).
Joesley: Geddel é que andava sempre ali.
Temer: (Ininteligivel)
Joesley: Mas com o Geddel tam bém com esse negócio eu perdi o contato porque ele virou investigado. Agora eu não posso também…
Temer: É complicado, é complicado.
Joesley: Eu não posso encontrar ele.
Temer: É porque (inaudível) parecer obstrução de Justiça, viu?
Joesley: Isso, isso, isso, isso.
Temer: Perigosíssima essa situação.
Joesley: Negócio dos vazamento (sic)…
Joesley: O telefone lá do Eduardo, com Geddel, volta e meia citava alguma coisa meio tangenciando a nós, a não sei o quê… Eu tô lá me defendendo. Como é que eu … O que que eu mais ou menos dei conta de fazer até agora. Eu tô… Tô de bem com o Eduardo.
Temer: Muito bem.
Joesley: É…
Temer: Tem que manter isso, viu? (ininteligível)
Joesley: (ininteligível) Todo mês…
Temer: O Eduardo também, né?
Joesley: Também.
Temer: É…
Joesley: Eu tô segurando as pontas, tô indo.
Joesley: É.
LOURES COMO INTERMEDIÁRIO
Na transcrição do áudio periciado, o presidente também confirma a Joesley o papel do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, assessor especial do presidente e preso na carceragem da PF, como intermediário entre governo e grupo J&F.
Na conversa, Joesley questiona Temer sobre qual seria a melhor forma de entrar em contato come ele. O empresário pergunta: “É o Rodrigo”?, e Temer confirma.
Num momento da conversa, o presidente diz “pode passar por meio dele, viu?” e acrescenta que Rocha Loures é de sua “estrita confiança”. Após a conversa, o então deputado federal foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil.
Joesley: Pra mim falar contigo qual é a melhor maneira … porque eu vinha falando através do Geddel, através …
Michel Temer: (lninteligível, fala sobreposta).
Joesley: Eu não vou lhe incomodar, evidente, se não for algo assim…
Michel Temer: (lninteligível) as pessoas ficam…
(Descontinuidade 116 em 00: 16: I 0.240).
Michel Temer: Sabe como é que é…
Joesley: Eu sei disso, por isso é que …
Michel Temer: (lninteligível) um pouco.
(Descontinuidade 117 em 00:16:13.939).
Joesley: É o Rodrigo?
Michel Temer: O Rodrigo.
(Ruído tipico de atrito do dispositivo de captação de áudio decorrentes de movimentação).
Joesley: Ah, então ótimo.
(Descontinuidade 118 em 00:16:17.256).
Michel Temer: (lninteligível)
(Descontinuidade 119 em 00:16:18.404).
Michel Temer: (lninteligivel) pode passar por meio dele, viu?
Joesley: (lninteligível).
(Descontinuidade 120 em 00:16:20.634).
Michel Temer: Da minha mais estrita confiança.
Joesley: Tá.
‘BEM DE CORPO!’
Depois de confessar que não conseguiu ficar morando no Palácio da Alvorada, Temer elogiou a forma física do dono da JBS.
— (…) Mas você tá bem de corpo, não é Joesley?
— Tô bem. Deixa eu pegar (ininteligível).
Joesley explica ao curioso presidente que está fazendo reeducação alimentar.
— Emagreci, to bem.
— Você emagreceu — confirma Temer.
— Emagreci.
— Preciso fazer isso — completa o presidente.
— É. Eu … eu to me alimentando bem. Comendo mais saudável. Mas não é comendo pouco não. Tô comendo bastante. Mas, coisa mais saudável.
— Entendi — comenta Temer.
— Menos, menos doce. Menos industrializado — explica Joesley
O presidente pergunta se ele está sendo orientado por nutricionista e Joesley confirma.
Pouco antes de falarem sobre dieta saudável, Temer e Joesley falam sobre a fracassada tentativa do presidente de morar no Alvorada. Temer confessa que lá teve dificuldade de dormir. O mesmo ocorreu com sua esposa Marcela. Para a PF, Temer chega a comentar que teria fantasma lá.
— Eu fiquei uma semana lá, aquilo é um horror — admite Temer.
A transcrição da gravação incluída no relatório final da Polícia Federal no inquérito que investigou o presidente Temer mostra ainda que a entrada de Joesley no Jaburu foi feita sem registro. O empresário relata isso ao presidente que concorda com o método extra-oficial de entrada na residência oficial.
— Eu passei a placa do carro — conta Joesley, referindo-se a ter informado por telefone a identificação de seu veículo para o ex-deputado Rocha Loures.
— Eu sei, sei — diz Temer
— … fui chegando, eles abriram, nem dei meu nome. (…) eles viram a placa do carro, abriram, eu entrei, entrei aqui na garagem.
— É o melhor — comentou Temer.
O Globo

Janot dirá que Temer deu pedalada para ver se assim ele cai

Em meio a tantas denúncias e nenhuma ação concreta que tenha resultado na queda do presidente, Rodrigo Janot apresentará nova denúncia ao STF onde diz que Michel Temer deu pedaladas fiscais. “Só assim o processo irá adiante e o congresso irá derrubá-lo”, afirmou o Procurador.
Além da saída do cargo, a PGR quer garantir ainda que o presidente seja preso e pague pelos seus atos. Para garantir a prisão de Temer, Janot pretende denunciá-lo por roubar um pote de manteiga no supermercado.

Gustavo Fernandes solicita casas populares para Caiçara do Rio do Vento!

Resultado de imagem para gustavo fernandes em caiçara do rio do vento
Com o objetivo de proporcionar moradia digna à população de baixa renda, o deputado Gustavo Fernandes (PMDB) está solicitando ao Governo do Estado, através da Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Interesse Social (CEHAB), a construção de casas populares. O pleito contempla municípios de várias regiões do Estado.
“Muitos potiguares ainda vivem em condições precárias. O programa Moradia Cidadã é uma prioridade da atual gestão no enfrentamento ao déficit habitacional em nosso Estado, que hoje é de cerca de 120 mil moradias”, justifica Gustavo.
As solicitações foram enviadas para os municípios de Nova Cruz, Luís Gomes, João Câmara, Major Sales, São João do Sabugi, Martins, Lagoa D´Anta, Caiçara do Rio do Vento, Apodi e Portalegre. O programa Moradia Cidadã também incentiva obras dos programas Minha Casa Minha Vida e de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH).

Três pessoas são assassinadas a tiros em Ceará-Mirim

Resultado de imagem para Três pessoas são assassinadas a tiros em Ceará-Mirim
A cidade de Ceará-Mirim registrou três crimes de homicídio durante a noite dessa segunda-feira (26). As vítimas foram executadas a tiros e sem chances de defesa.
De acordo com a Polícia, Erivan Luiz De Oliveira, 36 Anos, foi assassinado a tiros na Rua Oscar Brandão, por volta das 19h. Ele estava sentado na calçada quando dois homens se aproximaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele e fugiram. Erivan não resistiu.
Minutos depois, Reginaldo Klebson Barbosa De Brito, 38 Anos, também foi morto a tiros nas proximidades da BR 406. Populares disseram que Reginaldo estava comprando móveis quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta que dispararam quatro vezes contra ele e fugiram.
Já na madrugada, Pedro Alves De Oliveira Neto, 28 Anos, foi executado dentro de casa na Comunidade do Formigueiro. Testemunhas disseram que os atiradores tiraram a vítima de casa e o executaram com vários disparos de arma de fogo.
Em todos os casos, a Polícia Civil já iniciou as investigações dos crimes e conta com a participação da população para tentar elucidar o mais breve.
Do 190 RN

Desmantelo: sistema penitenciário do RN tem um colete à prova de balas para cada nove agentes

Visita-técnica-a-Alcaçuz-Foto-Bethise-Cabral-5
O sistema penitenciário do Rio Grande do Norte tem um colete a prova de balas para cada 9 agentes. A informação é da própria Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), responsável pela administração das unidades prisionais do estado.
Com atuais 914 agentes a serviço, a pasta dispõe de apenas 100 equipamentos de proteção dentro do prazo de validade. De acordo com relatório assinado pelo secretário adjunto Maiquel Mendes, o estado precisa comprar 1.344 coletetes balísticos.
Os dados estão em uma portaria publicada no sábado para alterar a dotação orçamentária da secretaria, com acréscimo das 530 vagas no sistema. Ocupados todos os cargos, o estado terá 1.444 agentes.Em nota, a Sejuc informou que a publicação da portaria “cumpre exigência desta força armada, elecando a necessidade máxima possível para dotação e aquisição desses equipamentos”. A nota afirma ainda que “não significa, em absoluto, que há falta de coletes disponibilizados aos agentes penitenciários”
“A maior parte do quadro de 914 agentes atua diariamente em regime de escala (24/72h) sendo necessário o uso de colete apenas por aqueles que executam serviços de escolta ou outras ações externas. Portanto, os 100 coletes existentes atendem as situações mais urgentes, por isso o cuidado da Sejuc em adiantar a compra de novos coletes para assegurar plenamente o efetivo em atividade, sendo os coletes substituídos com antecedência a medida que sua validade extingue”, explicou a secretaria.
Fonte: G1 RN

segunda-feira, 26 de junho de 2017

VEM AÍ A FESTA JUNINA MAIS ESPERADA DO ANO: O 13° ARRAIÁ DO POVÃO!


Em Riachuelo, nos dias 07 e 08 de julho de 2017, o 13º Arraiá do Povão.
Será muito prestigiado este 13º Arraiá, onde, provavelmente, iremos contar com aproximadamente 10 mil mil pessoas, no Arraiá mais badalado da região Potengi, no Rio Grande do Norte.
Trata-se de um evento muito bem organizado, promovido pela Prefeitura de Riachuelo, sob a liderança da prefeita Mara Cavalcanti que, mesmo em meio às dificuldades por que passam os municípios do RN e de todo Brasil, não mediu esforços para efetivar a festa do povo.
O Arraía do Povão é uma festa que alavanca a economia da cidade, fomentando o comércio e dando oportunidades aos empreendedores, na venda dos mais diversos produtos.
Ainda hoje, com exclusividade, o blog informará a programação desse badalado e esperado evento!

Titular da SMTT de Macaíba reitera defesa da integração dos transportes e tarifas

O secretário Juedson Costa, titular da Secretaria Municipal de Transporte (SMTT) de Macaíba e vice-presidente do FPTT – Fórum Permanente de Trânsito e Transporte da Região Metropolitana de Natal, reiterou na sexta-feira (23), em uma entrevista concedida à Assecom-PMM, o seu posicionamento quanto à integração dos transportes e das tarifas da região da Grande Natal.
O secretário Juedson já havia explicitado esse mesmo posicionamento diante dos vereadores e do público presente em uma audiência promovida pela Câmara Municipal no dia 10 do corrente mês, no Pax Club.
“A Região Metropolitana de Natal foi instituída há cerca de 20 anos e uma das poucas integrações que ela dispõe é a de ligações telefônicas. E o serviço de transportes públicos também precisa chegar a esse nível de integração, já que as pessoas precisam transitar constantemente entre as cidades da região (de Natal para Parnamirim, de Macaíba para Natal, de Natal para São Gonçalo do Amarante, etc.). Assim, hoje temos cidadãos metropolitanos.”, destacou o secretário.
“Nós, integrantes do Fórum da Grande Natal, já visitamos outras capitais para verificar como funciona essa integração, sendo que Goiânia/GO é um dos exemplos a serem citados. O sistema integra aproximadamente 20 cidades e foi criada uma companhia metropolitana de trânsito responsável por gerenciar esses transportes. Também foi criada uma autoridade metropolitana de transporte.”, disse Juedson Costa na sequência.
O FPTT vai continuar se reunindo para debater essas questões, segundo o secretário, que mencionou que haverá um novo encontro de seus membros no próximo mês de julho. Ainda, está prevista para este ano uma audiência na Assembleia Legislativa sobre o tema. “Esperamos que, com o apoio da Assembleia Legislativa, possamos avançar nesse sentido.”, finalizou Juedson.
Assecom-PMM
Créditos da foto: Agora RN

Homem mata o próprio irmão a facadas em cidade da região Oeste do RN

Homem mata o próprio irmão a facadas em cidade da região Oeste do RN

Um homem é o único suspeito de matar o próprio irmão a facadas durante discussão na casa da família, em Patu, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte. O crime ocorreu na noite de sábado (24), por volta das 20h30.

De acordo com informações da Delegacia de Polícia Civil do município, uma equipe ainda está em diligência para tentar encontrar o criminoso, que fugiu do local onde o fato ocorreu.

A vítima foi identificada como Edvaldo Nunes Bezerra, de 34 anos. Ele foi atingido por vários golpes de faca na altura do tórax. Por mais que seja o irmão da vítima, a polícia preferiu não divulgar o nome do suspeito.

A hipótese mais forte, segundo os agentes, é que os dois irmãos estivessem sob forte efeito de álcool. "Testemunhas disseram que eles estavam bebendo juntos e o crime teria acontecido por uma briga banal. Houve luta corporal entre eles", declarou o agente Felipe Farias.

O corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) para Mossoró, também na região Oeste. "Só laudo poderá confirma se realmente eles tinham ingerido alcool", complementou o agente.

Eleições 2018: Lula lidera e Bolsonaro alcança o 2º lugar, diz Datafolha

Pesquisa realizada pelo Datafolha sobre intenções de voto para a disputa presidencial de 2018 apontam que o ex-presidente Lula (PT) manteve a liderança, com 29% a 30% das intenções de voto, seguido por Marina Silva (Rede) e Jair Bolsonaro (PSC).

O deputado federal registra tendência de alta. Tinha 8% em dezembro de 2016, passou a 14% em abril e agora aparece com 16%, sempre no cenário em que o candidato do PSDB é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O tucano, por sua vez, oscilou positivamente em simulações de primeiro e segundo turnos, mas a sua rejeição cresceu para 34%, atrás apenas da de Lula.

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (sem partido) aparece com 11%, em quarto.

Nos cenários testados para eventual segundo turno, Lula ganha de Bolsonaro e dos tucanos Alckmin ou João Doria, prefeito de São Paulo.

O petista empata com Marina e com o juiz Sergio Moro (sem partido) na margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Marina vence Bolsonaro, e Ciro Gomes (PDT) empata com Alckmin e com Doria.

Fonte: Folha de S.Paulo

Homem é morto a tiros após roubar carro em Neópolis

Um homem ainda não identificado foi baleado e morto após roubar um veículo, no final da tarde do último domingo (25), na avenida Ayrton Senna, no bairro Neópolis, zona Sul de Natal. O assaltante trocou tiros com a vítima que se apresentou na delegacia de plantão da zona Sul e foi liberada.
De acordo com a delegada Jamile Alvarenga, da Divisão de Homicídios o homem tomou o veículo de assalto, mas foi seguido pela vítima que estava armada. “O atirador não fugiu, ele procurou a autoridade policial na delegacia de plantão da zona Sul, no bairro Cidade da Esperança e após ser ouvido foi liberado.
O suspeito morreu dentro do carro roubado antes da chegada do socorro e ainda segundo a Alvarenga ele não possuía nenhum documento identificatório. Um segundo assaltante está sendo procurado pela polícia.
Fonte: Portal BO

Pesquisa aponta: Bolsonaro pode vencer no primeiro turno



A pesquisa desconsidera a participação do ex-presidente Lula em virtude das condenações em primeira e segunda instância que são dadas como certas até mesmo pela defesa do petista. O primeiro cenário aponta para a ausência de um candidato do Partido dos Trabalhadores na disputa e na segunda sugere o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como presidenciável.

Pesquisa realizada pelo Instituto Vox Popular foi divulgada nesta segunda-feira (26) pela FOLHA com índices de intenção de voto para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018. 

Veja os resultados dos oito cenários pesquisados:

  • Bolsonaro (PSC): 51%
  • Marina Silva (Rede): 14%
  • Alckmin (PSDB): 8%
  • Joaquim Barbosa (Sem partido): 6%
  • Ciro Gomes (PDT): 5%
  • Luciana Genro (PSol): 2%
  • Eduardo Jorge (PV): 2%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 2%
  • Branco/nulo/nenhum: 8%
  • Não sabe: 2%

Cenário 2 (com Doria):

  • Jair Bolsonaro (PSC): 37%
  • Marina Silva (Rede): 13%
  • Fernando Haddad (PT): 10%
  • João Doria (PSDB): 10%
  • Ciro Gomes (PDT): 6%
  • Luciana Genro (PSOL): 2%
  • Eduardo Jorge (PV): 2%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 2%
  • Branco/nulo/nenhum: 16%
  • Não sabe: 2%
A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos e índice de confiança de 95%. O Vox Popular ouviu 2.771 pessoas nos dias 21 e 23 de abril.

Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes enfrenta problema de desabastecimento

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde Pública, começa a deixar faltar – mais uma vez – alimentação no Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes. 
Feijão já deixou de ser servido na dieta dos pacientes, acompanhantes e funcionários. 

RN sangrando: vigilante é morto a tiros ao sair de festa junina em Apodi


Na onda da violência descontrolada, no município de Apodi foi registrado mais um crime de homicídio.
Segundo a Polícia Militar, a vítima foi identificada como Aguinaldo Freitas Santos, 33 anos. Ele trabalhava como vigilante no hospital da cidade.
A vítima participava de uma festa junina, quando ao sair da festa, foi surpreendido por atiradores e morto com tiros na região da cabeça.