terça-feira, 30 de outubro de 2018

ESTAMOS DE OLHO: A petista Fátima Bezerra conta com metade dos deputados estaduais

Eleita governadora do Rio Grande do Norte neste domingo (28), Fátima Bezerra (PT) ainda não sabe se terá maioria na Assembleia Legislativa quando começar seu mandato, em 1º de janeiro de 2019. Dos 24 deputados que irão compor o parlamento estadual em 2019, metade esteve com a petista desde o início da campanha ou passou a apoiá-la no segundo turno.
Dos demais, oito eleitos fizeram campanha a favor de outros candidatos derrotados ao governo e até então permanecem como oposição e quatro declararam que irão manter uma postura de independência ou de neutralidade.
Confira a lista:
Apoio
Isolda Dantas (PT)
Francisco do PT (PT)
Kleber Rodrigues (Avante)
Eudiane Macedo (PTC)
Ubaldo Fernandes (PTC)
Sandro Pimentel (Psol)
Ezequiel (PSDB)
Raimundo Fernandes (PSDB)
Galeno Torquato (PSD)
Vivaldo Costa (PSD)
George Soares (PR)
Souza (PHS)
Oposição
Coronel Azevedo (PSL)
Dr. Bernardo (Avante)
Gustavo Carvalho (PSDB)
Tomba Farias (PSDB)
Hermano Morais (MDB)
Getúlio Rêgo (DEM)
Albert Dickson Oftamologista (PROS)
José Dias (PSDB)
Independência ou neutralidade
Kelps (Solidariedade)
Allyson Bezerra (Solidariedade)
Nelter Queiroz (MDB)
Cristiane Dantas (PPL)
G1 RN

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

COM O PT NO GOVERNO ESTADUAL E BOLSONARO PRESIDENTE, O RN SE CONDENOU AO ESCANTEIO (DE NOVO)


    Por falta de avisos, não foi. Por falta de experiência também não, pois o potiguar elegeu um governo do DEM na presidência PT e uma aliança PSD/PC do B/PT que comeu arrolhado numa presidência do MDB. Mas onde falta a sabedoria de aprender com a vida, abundam os desastres.

    O potiguar reclama que perdeu Fernando de Noronha, que perdeu a refinaria, que perdeu os vôos internacionais, que o hubby da TAM não virá, que está fora de projetos estruturais como a Transnordestina e a reforma do Porto de Natal. Num Estado com mais de dois terços dos municípios em situação de emergência pela seca,   nem Transposição do São Francisco, nem Barragem de Oiticica, nem as adutoras tão faladas. O desalinhamento ou oposição do governo do RN com o governo federal explica muita coisa disso...

    O Presidente Eleito Jair Bolsonaro certamente não vai "perseguir" o governo PT do RN. Mas só um total alienado acredita que o Governo Potiguar terá, nessa gestão, o mesmo trânsito político que um Governador aliado ao Presidente...

    Lembrando que Robinson Faria deixou claro, por várias vezes, que só uma ajuda federal de cerca de meio bilhão de reais pode equilibrar as contas do Estado. Quer dizer: temos atualmente um RN quebrado, implorando ajuda, e outro governo estadual em oposição ao Planalto.

    Mas isso é a democracia. Fátima Bezerra foi eleita pelo voto de quem não pensou nisso. A maioria do povo potiguar foi quem escolheu, é fato.

    Depois, não adianta reclamar.


 Inácio Veríssimo

PREFEITA MARA CAVALCANTI FALA SOBRE O RESULTADO DAS ELEIÇÕES

Resultado de imagem para PREFEITA MARA CAVALCANTI E O MIRANTE DA SERRA DA FORMIGA
Essa eleição é a mostra de que não podemos ir contra a vontade do povo, e que é muito importante destacar que também é uma realidade que não se pode tirar conclusões, tão pouco comparações da nossa gestão por ela, pois não fomos nós os avaliados. Tenho a certeza de que se tivéssemos apoiado Fátima Bezerra, e a oposição com a campanha de Carlos Eduardo, o resultado seria maior do que o obtido em Riachuelo, pois seria o curso natural do processo juntamente com a nossa força.
Mas a coerência é o guia no que fazemos para conduzir um grupo tão grande como o nosso e isso nos dá a responsabilidade de usar sempre o racional e de amadurecer nas decisões. Saímos de uma campanha onde o nosso candidato foi derrotado, mas que nada muda em nossas vidas e como diz o deputado Tiririca: "Pior do que tá não fica".
Vamos trabalhar com a nossa verdade e deixar os nossos opositores viverem de suas ilusões, pois o mais importante é que vamos continuar vivendo a nossa realidade, somente a verdade constrói e estamos construindo. Os nossos adversários estão na ilusão de que o governo de Fátima será deles, mas quero dizer que não pertencerá a eles. Essa vitória foi construída pelo povo à muito tempo atrás, com pessoas simples, de todas as cidades do estado. Não por oportunismo, mas por luta e vontade.
Nessa eleição foi mostrada que a nossa oposição tem 800 votos fiéis a eles e que nós temos mais de 1700, o restante que faz vencer é o que tem que ser trabalhado com um bom nome, que tenha condições de sair vitorioso, pois essa vitória de Fátima, repito, se nós estivéssemos com ela, a maioria teria sido maior, disso eu tenho a certeza.
Estou acostumada a trabalhar sem governo do estado, nada nunca foi e será fácil, mas tenho força pra continuar trabalhando para a cada dia ser melhor do que ontem. Quero deixar meu reconhecimento e meu muito obrigada a todos os guerreiros, por terem estado comigo em todas as horas e dizer que vamos continuar na nossa luta.
Riachuelo acima de tudo e Deus acima de todos.Que Deus nos abençoe!

Bolsonaro fala à nação, cita a Bíblia e revela que sentiu “a presença de Deus” na campanha

presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) preparou um discurso à nação, que foi lido em rede nacional e trouxe uma mensagem de compromisso com a transformação do país através das mudanças nas estruturas do governo. Porém, a primeira frase lida foi o versículo 32 do capítulo 8 do evangelho de João: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.
Bolsonaro enfatizou “diante de Deus” que à frente da presidência da República trabalhará para que a Constituição Federal seja respeitada, assim como o princípio democrático: “Faço de vocês minhas testemunhas de que esse governo será um defensor da Constituição, da democracia e da liberdade. Isso é uma promessa, não de um partido, não é a palavra vã de um homem, é um juramento a Deus”
“O compromisso que assumimos foi de fazer um governo comprometido e decente e eu garanto que assim o será, nosso governo sera formado por pessoas que tem o mesmo propósito dos que me ouvem nesse momento, de transformar o Brasil em um País livre”, acrescentou, lembrando os primeiros passos de sua campanha.
Feliz, o presidente eleito destacou que não descansará na perseguição de alcançar objetivos: “Missão não se escolhe nem se discute, se cumpre. Nós juntos cumpriremos a missão de resgatar o nosso Brasil”, afirmou, convidando o povo a participar da luta contra a corrupção e os demais anseios. “Temos condições de governabilidade dados aos contatos que fizemos nos últimos anos com parlamentares, todos os compromissos assumidos serão cumpridos com as mais variadas bancadas, com o povo em cada local do Brasil que me estive presente”, destacou.
Outro ponto de destaque foi a reiteração, agora eleito, de seu compromisso com a defesa do direito à propriedade, além de trabalhar para enxugar o governo e cortar privilégios. Em seguida, explicou a urgência de colocar essas ideias em prática: “O deficit público primário precisa ser eliminado o mais rápido possível e ser convertido em superavit”.

"Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza" (Art. 5º, Constituição Federal de 1988)

Todo poder republicano emana do povo, sem acepções de qualquer natureza, classe social, orientação sexual, opções religiosas, preferências ideológicas, etc.
O Brasil começa a mudar...
Ontem estivemos comemorando com Perisso e Cícero, dois eleitores de Bolsonaro, militantes da diversidade LGBT, que entenderam a mensagem do candidato que, contrariando as fake news, não é homofóbico e não tem preconceito de qualquer natureza.
Porque quem faz a diferença no ser humano não é sua orientação sexual nem sua paixão por ideologias de esquerda de centro ou direita, é o seu caráter. 
Esses dois rapazes fizeram questão de que eu, blogueira, tirasse uma foto com os mesmos, expondo a livre escolha de ambos pelo candidato Bolsonaro. 
A democracia, que é a liberdade de escolha, fomenta a paz e a harmonia entre os povos, sinal de um processo civilizatório. Essa blogueira tem muitos amigos LGBT's, apesar de não concordar com seus estilos de vida, mas respeita a todos como pessoas humanas, sujeitos de direitos e obrigações. Fica a dica!

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

PARA REFLETIR: O PODER EMANA DO POVO!

A imagem pode conter: 2 pessoas, criança e atividades ao ar livre
Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.

parágrafo único do art. 1º.

A frase acima é forte, bonita, assertiva. Faz gosto ouvi-la no meio de um discurso. Em sua versão original, ocupa posição de destaque na Constituição de 1988, logo no Artigo 1º, parágrafo único.

Após eleição de Bolsonaro, dólar cai abaixo de R$ 3,60

Após eleição de Bolsonaro, dólar cai abaixo de R$ 3,60

Com a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência do País, o mercado local amplia a desmontagem de posições cambiais, que enfraquece mais o dólar ante o real. Por volta das 9h15 desta segunda-feira, 29, o ajuste de baixa começou a perder força e a moeda americana renovou máximas acima dos R$ 3,61, ante mínimas no patamar de R$ 3,58. O movimento ocorre em meio ao recuo do dólar ante outras moedas emergentes e ligadas a commodities num dia de bom humor no exterior.

Segundo operadores, os negócios são influenciados também por interesses técnicos ligados à rolagem de contratos cambiais de fim de mês. Está no radar ainda a sinalização do presidente eleito de que o economista Paulo Guedes, que será ministro da Economia, poderá não ter a autonomia esperada para formar a sua equipe e a indicação de que o Banco Central passará a adotar meta para a taxa de câmbio, além de meta de inflação.
Nesta manhã, o deputado federal e futuro ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou em entrevista a rádios que entre quarta e quinta-feira desta semana a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro vai anunciar “alguns nomes técnicos” para o governo de transição.
Segundo operadores, os negócios são influenciados também por interesses técnicos ligados à rolagem de contratos cambiais de fim de mês. Está no radar ainda a sinalização do presidente eleito de que o economista Paulo Guedes, que será ministro da Economia, poderá não ter a autonomia esperada para formar a sua equipe e a indicação de que o Banco Central passará a adotar meta para a taxa de câmbio, além de meta de inflação.
Nesta manhã, o deputado federal e futuro ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou em entrevista a rádios que entre quarta e quinta-feira desta semana a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro vai anunciar “alguns nomes técnicos” para o governo de transição.

O VENCEDOR DAS MÍDIAS SOCIAIS!

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, texto

¨63 anos. É a idade do novo Presidente da República que surgiu das urnas nesse histórico 28 de outubro de 2018, segundo turno das eleições. JAIR MESSIAS BOLSONARO, um militar eleito pelo voto democrático de milhões de brasileiros, da sua imensa maioria.
Seu segundo nome, ironicamente, não poderia ser mais emblemático. Pois terá desafios messiânicos nessa pátria de chuteiras fracassadas e de economia estagnada. 

Segundo noticiou a imprensa, foi a eleição mais imprevisível de todas. O Brasil viu-se polarizado. Extrema esquerda comandada por um ex-presidente, preso e inelegível, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. No outro polo a extrema direita, com  o seu titular mor, vencedor nas urnas, com discursos fortes e veementes em favor dos valores sociais tidos como conservadores.

Venceu o candidato que não precisou da propaganda maciça na televisão, canal onde teve apenas 7 segundos no primeiro turno, pois que conquistou seu imenso eleitorado no mundo pós-moderno das tecnologias digitais, ou seja, nas mídias sociais.
O candidato vencedor das mídias vai agora dirigir os rumos de uma grande nação, tão plural quanto o seu tamanho de mais de oito milhões de quilômetros quadrados; seus mais de duzentos milhões de brasileiros; seus mais de cento e quarenta milhões de eleitores. 

A partir de 1º de janeiro de 2019  Bolsonaro será o Presidente de todos, dos que votaram ou não votaram nele, porque ganhou a soberana decisão da maioria e democracia significa acatar a vontade das urnas, da expressiva maioria popular. 

Democracia é e sempre será uma festa. Uma festa esquisita, na verdade, porque sempre terá de um lado muitos que sorriem e se alegram e do outro muitos que choram, mais a dança das cadeiras do poder exige sempre alternância, isso é democracia.

O novo Presidente foi considerado por muitos eleitores um intolerante, mas recebeu na carne, logo no início da campanha, a facada da maior intolerância (ao ponto de ficar à beira da morte). 

Um golpe quase mortal destinado a apagá-lo de vez do pleito eleitora, num tiro que saiu pela culatra. Dizem que referida facada aumentou em 90 % sua popularidade, tendo o seu próprio adversário, Fernando Haddad, o derrotado nas urnas no segundo turno, dito que "aquele ato foi o propulsor da ascensão do candidato do PSL". 

ANTONIO CARLOS NASCIMENTO!

domingo, 28 de outubro de 2018

Fátima Bezerra foi eleita com com 57,60% dos votos (1.022.910 votos), enquanto Carlos Eduardo obteve 42,40% dos votos, que representou 753.035 votos.

Resultado de imagem para fatima bezerra eleita governadora
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) encerrou a apuração dos votos às 20h46min, mas às 18h40 o presidente Glauber Rêgo já havia confirmado a eleição da candidata Fátima Bezerra.
Ela foi eleita com com 57,60% dos votos (1.022.910 votos), enquanto Carlos Eduardo obteve 42,40% dos votos, que representou 753.035 votos.
Para presidente no RN, Fernando Haddad (PT) obteve 1.131.027 votos. Já Bolsonaro (PSL) ficou com 652.562 votos.
No Rio Grande do Norte, votaram 1.942.196 eleitores dos 2,3 milhões de eleitores que estavam aptos a votar, o que corresponde a 81,86% do eleitorado do RN. A abstenção foi de 18,14%, o que corresponde a 430.383 de eleitores. Houve o quantitativo de 34.072 (1,75%) votos brancos e 132.179 (6,81%) votos nulos.
Confira os resultados para os maiores colégios eleitorais do RN:
– Natal: 39,24% para Fátima Bezerra contra 60,76% para Carlos Eduardo
– Mossoró: 54,17% para Fátima Bezerra contra 45,83% para Carlos Eduardo
– Parnamirim: 38,86% para Fátima Bezerra contra 61,14% para Carlos Eduardo
– Caicó: 64,11% para Fátima Bezerra contra 35,89% para Carlos Eduardo
– São Gonçalo do Amarante: 53,25% para Fátima Bezerra contra 46, 75% para Carlos Eduardo
De acordo com informações da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), das 7.389 urnas eletrônicas instaladas para votação no estado, apenas 49 precisaram ser substituídas, sem prejuízos para o processo. Esse dado corresponde a 0,61% das urnas totais do estado, deixando o RN abaixo da média de urnas substituídas no Brasil, que foi de 0,92%.
Embora tenham sido registradas 11 ocorrências ao longo do processo eleitoral no território potiguar, o presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, avaliou o pleito como tranquilo e dentro da normalidade, considerando que as ocorrências apontadas foram, em maioria, infrações de menor grau. Segundo informações da Corregedoria Regional Eleitoral, setor do TRE-RN responsável pelo monitoramento das ocorrências, dos 11 casos citados, 07 foram registrados nas zonas eleitorais e 04 foram registrados pela polícia. Os casos aconteceram nos seguintes municípios: Passagem, Parnamirim, Mossoró, Serrinha, Lagoa D’Anta, Natal e Várzea.

PARABÉNS, CAPITÃO! Jair Bolsonaro é eleito o 42º presidente do Brasil

Imagem relacionada
Com 98,89% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro é eleito o novo presidente do Brasil. O político do PSL recebeu mais de 57,3 milhões de votos, o que equivale a 55,29% dos votos válidos. Ele é o 42º a ocupar a posição de chefe do Executivo.
Fernando Haddad (PT) teve 46,4 milhões de votos, o que equivale a 44,71% dos válidos. Brancos e nulos foram 9,59%.

Promessas de Jair Bolsonaro

Saúde

Prevê criar prontuário eletrônico, a partir da informatização das unidades de saúde, e o credenciamento universal para que os médicos possam atender pacientes de qualquer plano de saúde. Promete que os profissionais cubanos do Mais Médicos receberão valor integral, sem o desconto que vai para o governo de Cuba.

Educação

Fala em extinguir a doutrinação e a sexualização precoce que diz existir nas escolas. Promete ampliar o ensino à distância e incentivar parcerias entre universidades e a iniciativa privada para pesquisas e produtos. Também planeja integrar as políticas educacionais entre União, estados e municípios.

Segurança

Promete investir em equipamentos para as polícias, acabar com progressões de penas e saídas temporárias e reduzir a maioridade penal para 16 anos. Fala em usar as Forças Armadas, tipificar invasão de propriedade como terrorismo, redirecionar as políticas de direitos humanos com foco nas vítimas e dar proteção jurídica para policiais.

Emprego

Projeta reduzir os custos da máquina pública para aumentar a capacidade de investimentos e gerar empregos, que também serão facilitados com o corte de juros e a desburocratização para o setor privado, criando o que chamou de ambiente favorável ao empreendedorismo.

Transporte

Prevê incentivar parcerias com a iniciativa privada para expandir e modernizar os aeroportos, para que sejam mais eficientes e cortem gastos públicos. Também projeta melhor integrar as malhas rodoviária e ferroviária aos portos, para reduzir custos e prazos.

Programas sociais

Propõe a modernização e o aprimoramento do Bolsa Família, com vantagens para os beneficiários, e promete de que o pagamento será igual ou superior ao valor atual.

Governo

Diz que vai reduzir o número de ministérios e dará metas para os órgãos federais, que terão que justificar os recursos necessários a partir dessas demandas. Promete liberar verbas para prefeitos e governadores sem o que chamou de atravessadores.

Relações exteriores

Propõe privilegiar relações e acordos bilaterais e diz que não fará negócios com países governados por ditadores internacionais.
Fonte: programa de governo registrado no TSE-SP (Tribunal Superior Eleitoral)

Oração de Magno Malta abre pronunciamento de Bolsonaro

Oração de Magno Malta por Jair Bolsonaro

Logo após o Supremo Tribunal Eleitoral (TSE) anunciar que seria o novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL) fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Mantendo o estilo consagrado ao longo da campanha, gravou de sua casa, ladeado pela esposa Michele e uma intérprete para a Língua Brasileira de Sinais. Em pouco mais de quatro minutos ele falou sobre fé em Deus e o sentimento de estar cumprindo uma “missão”.

Pouco tempo depois, em rede nacional de televisão, fez uma oração com o senador Magno Malta, que é cotado para ser seu ministro. O político agradeceu a Deus pela vitória, lembrando que durante todo o processo buscou-se uma dependência do Senhor. Chamando Bolsonaro de “cristão verdadeiro, cheio de fé, de coragem e de esperança”.

Malta enfatizou que eles iriam “lutar pelas famílias e pelas crianças do Brasil” e disse que sendo o país “majoritariamente cristão”, a fé fez parte de todo o processo eleitoral.

Em seguida, o presidente eleito abriu seu discurso de agradecimento citando o que designou como seu slogan de campanha, baseado em João 8:32: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Afirmou ainda que nunca se sentiu sozinho, pois sempre sentiu “a força de Deus e do povo brasileiro”.

Agradecendo as orações feitas em seu favor, fez um juramento a Deus, comprometendo-se em fazer de seu governo “um defensor da Constituição, da democracia e da liberdade”.

“A verdade vai libertar este grande país e a liberdade irá nos transformar em uma grande nação”, garantiu Bolsonaro. Ressaltou também que nas urnas ocorreu hoje “a celebração de um país pela liberdade. “Temos o compromisso de fazer um governo decente, comprometido com o nosso povo e assim o será” , assegurou. Finalizou destacando que seu governo “será formado com o propósito de transformar esta nação”.

O ex-prefeito de São Paulo João Dória (PSDB) venceu o segundo turno para o governo de São Paulo, com 51,77% dos votos válidos.

João Doria será o novo governador de São Paulo

O ex-prefeito de São Paulo João Dória (PSDB) venceu o segundo turno para o governo de São Paulo, com 51,77% dos votos válidos. Com 98,49% das urnas apuradas, Márcio França (PSB) ficou em segundo lugar, com 48,23% dos votos válidos.

João Doria tem 58 anos e é formado em jornalismo e publicidade. Foi apresentador de televisão, com programas na TV Bandeirantes, Manchete e Rede TV! Empresário, tem um grupo de marketing que promove eventos e iniciativas culturais e publicações.

Filiado ao PSDB desde 2001, o empresário João Doria ficou conhecido por produzir e apresentar os programas Sucesso e Business em canais de TV, além de organizar eventos e palestras. Entrou na vida pública a convite do tucano Mario Covas (morto em 2001), do qual foi secretário de Turismo. No governo do ex-presidente José Sarney, Doria foi presidente da Embratur. Em 2016, foi eleito prefeito de São Paulo, mas renunciou ao mandato para concorrer a governador.

Em 2003, fundou o Grupo de Líderes Empresariais (Lide), entidade com 1,7 mil empresas filiadas. Foi secretário de Turismo da capital paulista na gestão do então prefeito Mário Covas e presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) no governo do presidente José Sarney.

Conheça a trajetória da futura primeira-dama do Brasil



Avessa a entrevistas e aparições públicas, a mulher de Jair Bolsonaro, Michelle de Paula Firmino Reinaldo, mãe de sua filha caçula, Laura, de oito anos, se manteve discreta durante toda a campanha eleitoral. Só apareceu em propaganda de TV na última quinta-feira, suavizando a imagem do marido e o descrevendo como "um cara humano, que se preocupa com as pessoas" e "muito brincalhão".

Fluente na Língua Brasileira de Sinais, Michelle tem se apresentado como uma defensora dos direitos das pessoas com necessidades especiais. Fez a ligação de Bolsonaro com essa comunidade, incentivando-o a assinar um termo de compromisso para melhorar a qualidade de vida dos deficientes.

Na reta final da corrida presidencial, Michelle foi apresentada como uma possível primeira-dama ligada a projetos sociais, "uma mulher forte e sensível que estará junto com Jair Bolsonaro trabalhando pelo Brasil", como descrita na propaganda. Evangélica praticante, ela é frequentadora da Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio onde fica o condomínio à beira-mar em que o casal mora.

De personalidade forte ao menos no ambiente familiar, temida pelo círculo de aliados mais próximos, Michelle segue as características das últimas duas primeiras-damas brasileiras. Ela já avisou ao marido e à sua equipe que não vai se arriscar em discursos e cenas de protagonismo, como Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e Marcela Tedeshi, casada com o presidente Michel Temer.

sábado, 27 de outubro de 2018

CARLOS EDUARDO APOSTA EM NATAL E MOSSORÓ PARA VENCER O PLEITO

Segundo planilha que detalha a Pesquisa FM 98.9/Instituto Consult, o cenário de luta pelo voto ao Governo do RN em Natal e em Mossoró mostra realidades distintas.
A maioria pró-Fátima Bezerra (PT) no estado em relação a Carlos Eduardo Alves (PDT) é de 5,4 pontos percentuais no cômputo dos votos válidos e de 4,59 pontos percentuais na Estimulada (veja AQUI).
Na capital, Carlos Eduardo Alves (PDT) sobra; em Mossoró, espreme-se para não perder como no primeiro turno para Fátima Bezerra (PT). O candidato pedetista não tem dianteira em qualquer outra área, a não ser em Natal, onde foi prefeito quatro vezes.
Imagem relacionada

Joaquim Barbosa dá apoio a Haddad para não perder mamatinha da Rouanet


O ex-ministro Joaquim Barbosa anunciou pelo twitter que vai votar em Fernando Haddad. Como todo mundo sabe, Barbosa, esse desconhecido, está de olho em seus 15 minutos de fama.

O juiz sempre foi conhecido por ser um petista enrustido, tendo favorecido o PT em várias decisões judiciais.

Joaquim soltou um outro tuíte dizendo que Bolsonaro não foi acusado no mensalão e, logo, não poderia ter sido inocentado. O candidato vem dizendo que Barbosa teria dito que ele não estava no mensalão.

“é falso o que ele vem dizendo por aí”, disse Barbosa.

Se é falso, vai pro Zap!

Rosalbismo vai pro tudo ou nada para não perder em Mossoró

Resultado de imagem para comicio de carlos eduardo em mossoro
Líder do rosalbismo, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado teve reunião à manhã de ontem sexta-feira (26) com vereadores e outros nomes que trabalham a campanha da chapa Carlos Eduardo Alves (PDT)-Kadu Ciarlini (PP) em Mossoró. Aconteceu  no Sítio Cantópolis.
No imóvel que é utilizado para reuniões políticas do grupo, os participantes discutiram plano de ações de grande impacto para se reverter a expectativa desfavorável à chapa Carlos-Kadu, em Mossoró, no pleito de domingo (28). No primeiro turno, a chapa perdeu no município para Fátima Bezerra (PT)-Antenor Roberto (PCdoB) por 9.391 votos (8,66%).
A ordem é partir pro tudo ou nada.
Representação do Instituto Gama de Fortaleza-CE mostrou dados de pesquisa para consumo interno, que serviram para estimular o trabalho mais aguerrido do rosalbismo nas próximas horas. Na ótica de Carlos e do Gama, é possível conseguir uma vitória local, como aconteceu na campanha municipal de 2012.
Naquela contenda doméstica, a então candidata do grupo, vereadora Cláudia Regina (DEM), atropelou a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) nos últimos dias, vencendo o pleito por 5.295 votos (3,93%). Só uma pesquisa de boca de urna apontou sua vitória.

Datafolha: Bolsonaro tem 55% dos votos válidos e Haddad, 45%

O Instituto Datafolha divulgou na noite de hoje (27) A última pesquisa de intenção de voto para presidente da República antes do segundo turno, que ocorrerá neste domingo (28). O candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 55% dos votos válidos e Fernando Haddad, 45%. No levantamento anterior, divulgado na quinta (25), o ex-capitão havia marcado 56% das intenções, contra 44% do ex-prefeito de São Paulo. A diferença caiu de 12 para dez pontos percentuais.
Na contagem das intenções de votos totais (incluindo brancos, nulos e indecisos), Bolsonaro marcou 47% e Haddad, 39%. Brancos e nulos somaram 8% e indecisos, 5%. No levantamento divulgado na quinta, a medição das intenções de votos totais registrou 48% para o candidato do PSL, 38% para o concorrente do PT, 8% brancos ou nulos e 6% indecisos.
Entre os que manifestaram desejo de anular ou votar em branco, 23% admitiram que ainda podem voltar atrás nessa decisão. Mantido este percentual, matematicamente a transferência de votos não seria suficiente para uma virada de Haddad, segundo o instituto.
Resultado de imagem para “Bolsonaro só perde se houver um tsunami”.

“Bolsonaro só perde se houver um tsunami”.

O presidente do Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo, confia tanto na exatidão do levantamento que divulgou nesta sexta (26), apontando 60,6% para Jair Bolsonaro (PSL) e 39,4% para Fernando Haddad (PT), que não se furtou de fazer uma declaração desafiadora sobre a eleição presidencial: “Se eu tivesse de apostar, apostaria que Bolsonaro será eleito com 60% dos votos válidos, contra 40% do seu oponente”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Murilo Hidalgo faz coro com o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro: “Bolsonaro só perde se houver um tsunami”.
Resultado de imagem para “Bolsonaro só perde se houver um tsunami”.

POTENGIENSES REALIZARAM GRANDE CARREATA ONTEM Á NOITE!

Prestigiamos na noite de ontem (26) na cidade de São Paulo do Potengi um encontro de apoiadores do candidato Jair Messias Bolsonaro para Presidente da República e Carlos Eduardo Governador organizado pelos grupos "Direta do Potengi", "Bolsonaro SPP" e "Bolsonaro - Região Potengi". O evento contou com a participação espontânea da população que veio a cada dia aderindo à candidatura do Jair Bolsonaro.

O apoio à candidatura do Jair Bolsonaro em São Paulo do Potengi e região deu inicio ainda em 2014/2015 quando pessoas de forma espontânea começaram a divulgar seu nome nas redes sociais. De quebra estes foram chamados de loucos, doidos e diversos adjetivos pejorativos contra os próprios. Logo no inicio os opositores falavam que Jair Bolsonaro não iria deslanchar os adversários na campanha.

Enquanto alguns diziam que Bolsonaro não teria 100 votos na cidades, vimos que no primeiro turno o candidato obteve mais de 3.300 votos na cidade, ficando atrás apenas do Fernando Haddad. São Paulo do Potengi fez dois eventos em prol do Bolsonaro e os dois foram um sucesso. Sem verba pública e apenas com simpatização do povo pelo candidato, nós que compomos o Blog Leitura Potiguar queremos parabenizar todos os Potengienses e os Bolsonarianos das cidades vizinhas que ontem fizeram uma festa maravilhosa.

Já o candidato ao governo do Estado Carlos Eduardo teve seu nome impulsionado neste segundo turno pela adesão dos eleitores de Jair Bolsonaro a sua candidatura e contra a candidata do PT Fátima Bezerra. No primeiro turno Carlos Eduardo surpreendeu na cidade vencendo a candidata do PT e o candidato do prefeito Naldinho, o atual governador Robinson Faria.

Como Robinson não conseguiu ir para o segundo turno, o prefeito decidiu que iria apoiar a candidata do PT Fátima Bezerra. Surpreendido no primeiro turno com a vitória do candidato do PDT, sabendo que o candidato é apoiado pelo seu principal adversário Pacelli Souto, candidato a prefeito em 2020, o prefeito então decidiu apoiar a candidata do PT. Com isso, os votos para presidente será dividido entre os eleitores do atual prefeito, visto que alguns votam em Bolsonaro e Fátima.

Leitura Potiguar
A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Wilson Lima, pessoas sorrindo, pessoas em pé e noite
A imagem pode conter: Ronaldo Brandão, Kaline Duarte, Luciana Macedo e João Carlos de Oliveira, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Sebastião Neto, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Tarcísio Costa, Ronaldo Brandão e Wilson Lima, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Ronaldo Brandão, pessoas sorrindo, pessoas em pé

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

7 MOTIVOS PARA VOTAR CONTRA FÁTIMA BEZERRA (PT)


Resultado de imagem para fatima bezerra

    Fátima Bezerra foi um fiasco, em mais um debate na TV. Despreparada, sem propostas, atrapalhada, usou a tribuna apenas para fazer ataques ao candidato Carlos Eduardo (PDT). Confira sete bons motivos para desprezar Fátima Bezerra nas urnas:

1- Fátima Bezerra pertence ao partido político considerado o mais corrupto do Brasil. O PT representa um verdadeiro desastre onde quer que assuma o Poder. O Brasil quebrou, após 13 anos de PT e dois de Michel Temer, o vice de Dilma Rousseff (eleito por petistas). Com o RN já debilitado, uma gestão PT teria efeito desastroso;

2- Fátima Bezerra não tem nenhuma experiência de gestão pública ou privada. Tampouco tem Plano de Governo: apresentou um Plano elaborado para outro Estado como sendo o da sua equipe de trabalho. Você confia numa pessoa assim, para governar o RN?;

3- Fátima Bezerra é contra Bolsonaro, obviamente. Mas Bolsonaro será, dizem todas as pesquisas, o próximo Presidente da República. Na briga entre Fátima do PT e o Presidente Bolsonaro, o RN é que sairá prejudicado, pois o RN precisa urgentemente de socorro do governo federal - e, convenhamos, Fátima Bezerra não tem a mínima condição política de transitar no Planalto, num Governo Bolsonaro;

4- Fátima Bezerra amedronta investidores, fará oposição ao governo federal, vai encher a máquina com cargos comissionados incompetentes ("companheiros de Esquerda") e não tem a mínima ideia de como tirar o RN do buraco em que se encontra. Um tal desgoverno seria pior do que a seca, a quebradeira  financeira e a guerra de Facções Criminosas juntas! Com Fátima no Poder, teríamos as três desgraças supracitadas, e mais a própria Fátima e o PT, para acabar de destruir o RN;

5- Analise: se as Facções Criminosas Prisionais apóiam o PT, é porque ganham algo com isso. Você é representado, quando o governo beneficia o crime? O líder do Sindicato do Crime do RN, vulgo Colorau, mandou um áudio da Cadeia ordenando votar em Fátima Bezerra. Entre políticos que subiram no palanque de Fátima Bezerra nos últimos dias, estão os alvos de seis operações da Polícia Federal. A candidatura Fátima Bezerra une esse tipo de pessoas. Você apoia esse povo no Poder?;

6- É evidente que para receber o apoio da "velha política" processada por corrupção, Fátima Bezerra prometeu algo em troca do "apoio". O que você acha que Fátima Bezerra vai "mudar" no RN, após dividir o galinheiro entre as raposas?;

7- Fátima Bezerra elegeu Robinson Faria, em 2014. O Governo Faria tem mais de 80% de reprovação. Agora, Fátima quer suceder Robinson Faria, com o apoio público do grupo político do mesmo. Isso equivale a dizer que Fátima Bezerra é a continuação do governo Robinson Faria... Você quer isso?

Não é difícil entender que o RN só terá prejuízo com o PT e com Fátima Bezerra. Analise!
Por: Inácio Veríssimo 

“Que tribunal é esse que não pode julgar nenhum deputado?”

Resultado de imagem para ricardo mota e fatima bezerra
No  julgamento da Ação Originária (AO 2275) nessa última terça-feira (23), na Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Luiz Fux criticou o fato de já ser o terceiro processo que o Tribunal de Justiça do RN (TJRN) envia à Corte, pela mesma motivação: impedimento da maioria dos membros do TJ, por suspeição.
“Os Tribunais têm substituições. Que tribunal é esse que não pode julgar nenhum deputado? Está todo mundo impedido por quê?” (veja AQUI).
O ministro referia-se ao processo que trata do envolvimento do deputado estadual Ricardo Motta (PSB-RN) na Operação Candeeiro. Por decisão da Primeira Turma, ele virou réu em denúncia do Ministério Púbico Federal (MPF), por crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Operação  Candeeiro.
Nos autos, ele é descrito como  responsável pela drenagem de mais de R$ 19 milhões do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), com colaboração e rateio com alguns cúmplices.
Na mesma sessão, pedindo aparte ao ministro Luiz Fux, relator da AO 2275, o ministro Alexandre de Moraes salientou que a reiteração dessa conduta do TJ potiguar “merecia até averiguação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)”.
Por decisão unânime, o colegiado acompanhou o voto do relator-ministro Luiz Fux.

COISA FEIA!!! Vereadores trocam agressões em Câmara Municipal




Ontem à noite , dois vereadores que compõem a Câmara Municipal do Natal não vão às vias de fato na sessão desta quinta-feira (25).

Mas não faltaram insultos, dedo em riste e a ação providencial da turma do deixa disso.

Safado”, “Vagabundo”, “cabra de peia”, “marginal” e outras expressões fizeram parte do vocabulário em plena sessão da “casa do povo”.

O prélio entre o vereador Cícero Martins (PTB) e Sandro Pimentel (Psol), que se elegeu à Assembleia Legislativa no último dia 7, viraliza nas redes sociais.

QUE HORROR!!! Assista ao vídeo.Ex-gay, pastor sargento Isidório “solta a franga” em vídeo polêmico

O pastor e sargento Isidório (AVANTE)eleito deputado federal mais votado da Bahia está no centro das atenções desde que declarou apoio ao candidato do PT fernando Haddad.
O pastor contrariou a maioria dos evangélicos e foi alvo de muitas críticas. Isidório é muito conhecido na Bahia pelo trabalho social que realiza a muitos anos. O pastor tem uma clínica de reabilitação para dependentes químicos.
É justamente na tal clínica que um vídeo do pastor Isidório vem causando a maior polêmica nós últimos dias. Nele, o pastor que é ex-homossexual aparece dançando com tregeitos feminino e dizendo que “virou bicha de novo”.
O vídeo é autêntico mas não podemos afirmar se é recence, porém é no mínimo contraditório para um pastor evangélico, principalmente pelo que ele canta no vídeo: Hô viadei, hô viadá, hô viadei hô viadei, hô viadá.
O vídeo viralizou e vem sendo compartilhado aos milhares nas redes sociais. O pastor Sargento Isidório até o momento não se manifestou sobre o assunto.


Sargento Pastor Isidório (Reprodução)

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Vereador Robson Carvalho declara apoio a Carlos Eduardo

O vereador Robson Carvalho que teve uma significativa votação de quase vinte mil votos no RN, e quase dez mil votos em Natal caminhou com a ex primeira dama Andreia nos principais bairros da zona norte.

Robson Carvalho está firme e forte no processo de candidatura do candidato ao governo Carlos Eduardo, o vereador também vota em Bolsonaro para presidente.


"O RN não pode ficar pra trás na conjuntura federal, para administrar um estado tem que haver parceria do poder federal, e o Brasil respira um novo processo de uma nova conjuntura política . Por isso, estou com o melhor Candidato para o meu estado que é o ex prefeito Carlos Eduardo, e Também o futuro presidente ja considerado eleito segundo todas as pesquisas, Bolsonaro" disse o vereador


Baleia de 18 metros aparece morta no costa belga

Uma baleia apareceu encalhada durante a noite em uma praia da cidade belga de De Haan, um fenômeno pouco habitual no litoral do país, informaram nesta quinta-feira fontes do Instituto Real de Ciências Naturais (IRSNB).
O exemplar, um rorqual macho de 18 metros de comprimento e 35 toneladas de peso, já estava morto quando encalhou na praia. Equipes científicas monitoraram a baleia depois que a detectaram no mar na quarta-feira.


A imprensa local informou que há 21 anos não aparecia um rorqual encalhado na costa belga. A espécie protegida é o segundo maior mamífero do mundo, atrás da baleia azul.
No momento as causas da morte são desconhecidas. Uma equipe de especialistas deve transportar pedaços do cadáver para estudos.
Baleia de 18 metros aparece morta no costa belga

Paraná Pesquisas: Entre eleitores de SP, Bolsonaro tem 68,4% dos votos válidos contra 31,6% de Haddad

Resultado de imagem para bolsonaro lidera entre católicos e evangélicos; haddad possui preferência de ateus
O candidato do PSL à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, aparece com 59,4% das intenções de voto, segundo pesquisa do Instituto Paraná divulgada nesta quinta-feira (25). O candidato do PT, Fernando Haddad, tem 27,4% das intenções de voto. Não sabe somam 4% e não votariam em nenhum dos dois candidatos somam 9,2%. A pesquisa foi realizada com eleitores do Estado de SP durante os dias 22 a 24 de outubro de 2018.
Em votos válidos, Jair Bolsonaro ultrapassa a marca de 60% com 68,4%, já Haddad tem 31,6% dos votos válidos.
Com relação ao potencial eleitoral dos candidatos, Bolsonaro tem 51,4% dos entrevistados afirmando que “com certeza votariam” nele, contra 23,7% de Haddad. Entre os que “não votariam de jeito nenhum” em Bolsonaro são 33,3%, contra 61,8% de Haddad.
Dados da pesquisa
De acordo com a Resolução-TSE n.º 23.549/2017, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR-04858/2018 para o cargo de Presidente e sob o n.º SP-07460/2018 para o cargo de Governador.
O universo desta pesquisa abrange os eleitores do Estado de São Paulo. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.004 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade e nível econômico.
O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 87 municípios durante os dias 22 a 24 de outubro de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, 20,0% das entrevistas.
Tal amostra representativa do Estado de São Paulo atinge um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Para a seleção da amostra utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional, conforme o mapeamento do Estado em 15 mesorregiões homogêneas segundo o IBGE, considerando-se esta divisão geográfica como primeira estratificação.
Dentro de cada mesorregião, agruparam-se os municípios em grupos homogêneos, procedendo-se à estratificação proporcional final da amostra.
A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/18. A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três etapas.
Na primeira etapa realizou-se um sorteio probabilístico dos municípios onde as entrevistas foram realizadas através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), considerando a população eleitora com 16 anos ou mais residente nos municípios como base para essa seleção.
Na segunda etapa, fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população de 16 anos ou mais residente nos setores como base para essa seleção.
Na terceira etapa, a seleção dos entrevistados dentro do setor censitário, foi feita utilizando-se quotas amostrais proporcionais, em função das seguintes variáveis: sexo, faixa etária, escolaridade e nível econômico.
Fonte: Jovem Pan

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Geraldo Melo diz que não votará em Fátima Bezerra e que seu voto será contra o PT

Resultado de imagem para geraldo e robinson faria convenção psdb 2018
O ex-senador Geraldo Melo não acompanhará o presidente estadual do PSDB, deputado Ezequiel Ferreira, no apoio à candidatura da senadora Fátima Bezerra (PT) ao Governo do Estado.
Em entrevista ao Repórter 98, agora há pouco, Geraldo externou que não votará em Fátima e que seu voto será contra o PT.
Geraldo votará em Bolsonaro par presidente e Carlos Eduardo para governador.


Geraldo ainda enfatizou a importância de um governador do RN afinado ao próximo presidente da República, que deverá ser Jair Bolsonaro, segundo as pesquisas.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

VÍDEO: PSL mostra revolta com Benes usando Bolsonaro para justificar acordão




O Brigadeiro Carlos Eduardo, presidente do PSL no Rio Grande do Norte, e o General Girão, deputado federal eleito pelo RN, divulgaram um vídeo criticando a gravação feita pelo deputado federal eleito Benes Leocádio (PTC), ao lado do candidato Jair Bolsonaro (PSL).
Segundo os líderes do PSL no RN, o vídeo de Benes foi para tentar justificar o “acordão que ele faz parte com a candidata do PT, senadora Fátima Bezerra”.

SINAL VERMELHO PARA PETISTA FÁTIMA BEZERRA, O TSUNAMI BOLSONARO PODERÁ BARRAR SUA VITÓRIA!

A pesquisa SETA dessa terça feira (23) veio como tsunami à candidatura da petista Fátima Bezerra. O sinal vermelho deve fazer a candidata rever seu palanque, que está inchado e improdutivo na reta final da eleição.
Com a vitória praticamente consolidada, Fátima Bezerra tem outro inimigo que pode levá-la à derrota no dia 28: O péssimo desempenho do PT a nível nacional. A sigla vem enfrentando resistência, e rejeição só vem aumentando.

STF acata denúncia contra o deputado aliado de Fátima Bezerra!

Resultado de imagem para ricardo mota e fatima bezerra

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (23), recebeu denúncia na qual o deputado estadual Ricardo Motta (PSB-RN) é acusado pela prática, em tese, dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Por decisão unânime, o colegiado acompanhou o voto do relator, ministro Luiz Fux, que considerou a verossimilhança da versão de colaboradores por meio de evidências contidas em provas documentais e testemunhais.
O inquérito foi remetido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (TJ-RN) e recebido como Ação Originária (AO 2275) no Supremo em razão da ausência de quórum para a análise do processo, tendo em vista que mais da metade dos desembargadores do TJ se declarou suspeito para atuar no caso.
De acordo com a denúncia, o deputado teria participação em esquema criminoso que desviou mais de R$ 19 milhões dos cofres do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Norte (IDEMA/RN), mediante a utilização de ofícios que autorizaram pagamentos com conteúdo fraudulento. Os crimes foram alvo da Operação Candeeiro, deflagrada em setembro de 2015, naquele estado.
Voto do relator
O relator da matéria, ministro Luiz Fux, votou pelo recebimento da denúncia. “Estamos numa fase preliminar em que vigora o princípio in dubio pro societate (em dúvida pro sociedade). Assim, se efetivamente proceder tudo quanto a defesa se propõe a comprovar, ela o fará no curso da ação penal”, ressaltou, ao acrescentar que é preciso que a denúncia esteja embasada em dados que evidenciam o mínimo de autoria e materialidade, como é o caso dos autos.
O ministro também entendeu que estão atendidos os requisitos do artigo 41, do Código de Processo Penal (CPP), segundo o qual a denúncia ou queixa conterá a exposição do fato criminoso, com todas as suas circunstâncias, a qualificação do acusado ou esclarecimentos pelos quais se possa identificá-lo, a classificação do crime e, quando necessário, o rol das testemunhas. Ele verificou que, além da delação premiada, diversos outros elementos de provas contidos nos autos embasam os fatos analisados para fins de recebimento da denúncia.
Segundo o relator, o processo contém depoimentos de três agentes que retratam os mesmos fatos contados na denúncia, bem como mostra relatos de testemunhas que afirmam ter presenciado a entrega dos valores mencionados nos autos. O ministro Luiz Fux afirmou que também há documentos de natureza bancária que retratam as operações de desvio de valores do IDEMA, além de saques realizados pelos representantes das pessoas jurídicas que participavam do esquema e, por fim, extratos telefônicos com contatos realizados entre o denunciado e o colaborador no período próximo às operações financeiras fraudulentas.

Ibope: Bolsonaro tem 57% e Haddad, 43%

Resultado de imagem para A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos.  Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:  Jair Bolsonaro (PSL): 57% Fernando Haddad (PT): 43%
O Ibope divulgou nesta terça-feira (23) o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado entre domingo (21) e terça-feira (23) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.
Votos válidos
Jair Bolsonaro (PSL): 57%
Fernando Haddad (PT): 43%

A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 57%
Fernando Haddad (PT): 43%