.

.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Servidores do município de Natal farão ato unificado nesta quinta-feira

Os servidores da saúde de Natal participarão de um ato público unificado e farão uma paralisação, com as demais categorias, em frente à Prefeitura do Natal, nesta quinta-feira (10), a partir das 08 horas. O protesto é contra os ataques da prefeitura aos servidores. A exemplo dos cortes feitos pelo governo Temer, o prefeito Carlos Eduardo Alves assinou um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) que impede reajustes salariais e contratações de novos servidores até 2021.
Os servidores cobram medidas do governo municipal, que ainda não avançaram. Uma delas é a implementação da Lei das 30 horas, que prevê a correção da tabela salarial de parte dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, acabando com perdas de 25% desde que migraram para a jornada de 30 horas.
A categoria reivindica, também, o fim do atraso no pagamento dos salários. Além da garantia da Mesa de Negociação, o cumprimento da lei da data-base, entre outros direitos negados pela prefeitura. Desde fevereiro que os sindicatos aguardam o avanço das negociações, mas não há respostas e diversas reuniões foram adiadas.

Nenhum comentário: