Twitter            

.

.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Alfinete revela que Cunha conseguiu, sim, cargo para ele no Congresso




Eduardo Cunha, afastado da Câmara, deu depoimento hoje no Conselho de Ética e ficou bastante irritado quando perguntado sobre os cargos que seus aliados têm na Casa. Seu vice, Waldyr Maranhão, ficou como presidente em seu lugar. E André Moura, que sempre foi seu braço direito, é agora o líder do governo Temer. Em sua defesa enérgica, Cunha disse que “não indicou um alfinete para a Câmara”.
Mas sua afirmação foi rapidamente derrubada. Assim que a sessão na Comissão de Ética terminou, o alfinete convocou uma coletiva de imprensa – e virou o jogo. “Sou sim, pau mandado de Eduardo Cunha. Ele me indicou para vários cargos na Câmara. Estou lá. Só não me veem porque sou muito pequeno e fino. Aliás, foi justamente por essas minhas características que ele me colocou lá. Posso ver e ouvir tudo sem ser notado”, afirmou.
O alfinete resolveu denunciar o aliado por ter se sentido preterido em seu depoimento. Vai se licenciar e fazer tratamento psicológico para enfrentar sua baixa autoestima. “Espero que Cunha pague pelo que fez”, diz.

Nenhum comentário: