.

.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

HÁ, ESTA NÃO! Dez dias depois de empossado Romero Jucá é obrigado a se afastar do governo

Com 10 dias de governo, o presidente Michel Temer já afastou um ministro.
Romero Jucá, que já entrou encalacrado como denunciado na lava jato, não teve outra opção a não pedir para sair…
Diz que é por enquanto, mas não será.
Investigado, não vai conseguir provar que está limpinho, como ele jura, durante a gestão interina.
Temer não demite…
Temer teme ir junto se atiçar demais o Jucá.
Então, o mais prático é dizer que o afastamento é provisório e que para o lugar de Jucá, entra um ministro interino.
Um presidente interino agora tem um ministro interino.
“Estou consciente que não cometi irregularidade”, continua dizendo Romero Jucá.
“Não tenho nada a temer, não devo nada a ninguém. Se tivesse medo, se tivesse telhado de vidro, não teria assumido a presidência do PMDB num momento de confronto com o PT para ajudar a afastar a presidente da República. Se tivesse medo de briga, não estaria nesse processo da forma como entrei”, declarou Jucá, que se afasta amanhã do Ministério do Planejamento

Nenhum comentário: