Twitter            

.

.

terça-feira, 4 de julho de 2017

“Não podemos ficar calados diante da insegurança que toma conta do Estado” disparou deputado do governo

Falta José Adécio decidir se vai formar o bloco DEM/Solidariedade
Os dados da insegurança no Rio Grande do Norte pautaram o pronunciamento do deputado estadual José Adécio (DEM) durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (4). O parlamentar visitou algumas cidades do Estado e disse que os relatos sobre a violência são comuns independente da região.
“Não podemos ficar calados diante da insegurança que toma conta do Estado. A omissão é o maior pecado de um político e os relatos me preocupam. É preciso lembrar ainda que só este ano, 15 policiais perderam a vida no Rio Grande do Norte”, disse José Adécio.
O parlamentar se solidarizou com as famílias dos policiais mortos e ressaltou que “há um extermínio da polícia não só no Estado, mas no Brasil”. José Adécio falou ainda sobre a agência do Banco do Brasil que foi alvo dos bandidos em Monte Alegre.
Os Correios, um correspondente bancário e uma lotérica também foram atacados pelos criminosos e, de acordo com a Polícia Militar, pelo menos 20 homens participaram da ação.
Entre as regiões visitadas pelo deputado estão São Miguel do Gostoso, Ielmo Marinho, Montanhas, Pendências, Fernando Pedroza, Triunfo Potiguar, Caiçara e Janduís.

Nenhum comentário: