Twitter            

.

.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Filho x pais idosos: O abandono por aqueles deveriam amá-los incondicionalmente

Resultado de imagem para "Honra a teu pai e a tua mãe
A Bíblia tem muito a dizer sobre como cuidar de pais idosos que não são capazes de cuidar de si. A igreja cristã primitiva agia como a agência de serviços sociais para os outros crentes. Eles cuidavam dos pobres, dos doentes, das viúvas e dos órfãos que não tinham mais ninguém para cuidar deles. Os cristãos que tinham parentes passando por necessidade tinham a responsabilidade de atender a essas necessidades. Infelizmente, cuidar de nossos pais em sua velhice não é mais uma obrigação que muitos de nós estão dispostos a aceitar.

Os idosos podem ser vistos como fardos em vez de bênçãos. Às vezes, quando os nossos próprios pais precisam de ajuda, somos rápidos para esquecer os sacrifícios que fizeram por nós. Em vez de abrir a porta de nossas casas para recebê-los - sempre que seguro e viável - podemos colocá-los em comunidades de aposentados ou lares de idosos, por vezes contra a sua vontade. Talvez não valorizemos a sabedoria que adquiriram em suas longas vidas, e podemos ignorar os seus conselhos como "ultrapassados".
Infelizmente, nem todos os filhos tem a consciência do sacrifício que muitos geradores passam para tornarem os filhos pessoas melhores e de boa índole. Há filhos que esquecem que os pais são seres ‘imaculados’ e que merecem toda admiração. O amor de um pai pelo seu filho é maior do que qualquer outra coisa no mundo a qual se possa comparar. Sabe-se que, as histórias são diferentes e cada tem a sua, tão triste quanto o desprezo pelos filhos, alguns pais abandonam, maltratam e negligenciam os filhos, mas é uma parcela bem inferior e são casos pontuais.
O idoso tem direito à vida, liberdade, respeito, segurança e outros itens não menos importantes... Isso não é tarefa somente do Estado, é, principalmente, da família. As agressões físicas, verbais e psicológicas são desumanas, humilhantes, aterrorizantes e degradantes. A dor do abandono ao idoso, como a negação do afeto, do convívio e do próprio alimento, não comprometem só a matéria, pois a dor reflete-se psicologicamente, agravando suas limitações.
Não é preciso ser profissional da área da saúde mental para adivinhar os efeitos devastadores que o abandono pelos próprios familiares podem trazer aos idosos. É preciso ter uma nova consciência e mudança de hábitos e comportamento para mudar as relações familiares.
A Bíblia diz: "Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra" (Efésios 6:2-3).
Será que houve uma inversão total de valores no mundo? O que houve para que casos assim se tornem cada vez mais comuns? O blog  quer saber quão o seu pensamento quanto ao tratamento que a família deve oferecer aos idosos.

Nenhum comentário: