Twitter            

.

.

quarta-feira, 15 de março de 2017

SÃO PAULO DO POTENGI: Vereadores se reuniram com comerciantes locais para debaterem a problemática das agencias bancárias!


O presidente da Câmara Municipal de São Paulo do Potengi, vereador Allysson Lindálrio, se reuniu na noite da última terça-feira, 14 de março, no Palácio do Povo, com representantes do Sindicato do Comércio Varejista e comerciantes do Município no sentido de ouvir relatos sobre a atual situação do sistema bancário municipal, após os ataques ocorridos no início de fevereiro passado.

Os comerciantes afirmam que as vendas caíram de forma drástica e que estão sem alternativas, visto que população saca o dinheiro em outros Municípios de outras regiões do estado e acaba consumindo nessas cidades. Um dos presentes na reunião, disse que “sem dúvidas, as venda caíram mais de 50% desde as explosões para cá”.Participaram da reunião, além do presidente, os vereadores Neilson Azevedo, Carlos Sérgio e Assis Araújo, que também tiveram a oportunidade de comentar sobre as possibilidades de ajuda do Poder Legislativo em relação ao problema.

Representando o Prefeito Naldinho, que ainda se encontra em repouso devido uma pneumonia, o vice-prefeito Erivan Alves relatou algumas medidas que podem ser tomadas em conjunto pelos Poderes Executivo e Legislativo na área da segurança pública.


Na reunião também ficou definida a data da Audiência Pública Proposta por Requerimento Conjunto de todos os vereadores e aprovada na última Sessão da Câmara: será na próxima quarta-feira, dia 22, a partir das 19 horas (7 da noite).


Para o presidente Allysson, é importante a participação ativa da sociedade nesse debate. “Queremos que a população de São Paulo do Potengi participe das discussões, afinal, ela é a mais prejudicada. Convidaremos o Ministério Público, os representantes dos bancos, os sindicatos e todos os cidadãos que queiram fazer parte dessa discussão para o restabelecimento
 dos serviços bancários na nossa cidade e região”, destacou Allysson.


Nenhum comentário: