Twitter            

.

.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Ontem Patrimônio do Povo.. Hoje é do Meu Compadre ou Padrinho

Caiçara do Rio do Vento viveu por muitos anos tendo as suas áreas de terras em uma gestão sendo patrimônio publico em outra patrimônio particular do gestor. Na atual gestão percebe-se claramente que a forma de administrar e idêntica as de Teté e Teco, para entender melhor vamos explicar o que acontecia.
Nas gestões dos compadres acontecia da seguinte forma, compadre A vendia as terras da prefeitura a compadre B, em seguida compadre B voltava ao poder comprando as terras de compadre A, que já pertenciam ao município, ou seja, a prefeitura comprava e vendia a ela mesma os terrenos que eram do povo, mas, que no final ficava com o compadre.
Alem disso existe relatos das pessoas mais antigas da nossa cidade, que na época dos ditadores, os municípios receberam recursos para construção de uma casa para os prefeitos há época morar, varias cidades vizinhas a Caiçara do Rio do Vento, como Pedra Preta e outras ainda tem essas casas como patrimônio do Município, em Caiçara do Rio do Vento e que não existe mais, informações dão conta que a casa que seria para os prefeitos(a), até hoje apenas um mora nela e esqueceu-se de devolver ao patrimônio publico municipal.
Existe também uma historia antiga que trata de um restaurante que seria do Município, esta casa fica localizada a margem da BR 304, o mesmo, que tomou conta da casa oficial dos prefeitos, tomou conta desse prédio que seria uma especie de restaurante, hoje, esse prédio encontra-se em situação de abandono.
Outro fato curioso e o da garagem municipal, a mesma, funcionou por muitos anos na Rua João Vitorino de Andrade, sempre sabia-se que ali pertencia ao Município, após a atual gestora passar a administrar o Município, aconteceu o que acontecia antes, apareceu um dono para a garagem municipal, sendo esse um dos gestores da época das gestões patrimônio do povo outra gestão patrimônio particular, ou seja, tudo voltou a ser como antes e de forma piorada. Hoje a garagem funciona em um terreno, onde, um dos compadres diz que é dele, sendo esse terreno murado na gestão do seu compadre com dinheiro do povo, afinal de quem e o terreno do compadre hoje padrinho da atual gestora? pertence esse ao patrimônio municipal? Até quando vai continuar o descaramento de quererem serem donos daquilo que não são deles.
Veja o terreno onde funcionava a garagem municipal antes:



Do blog hora certa

Nenhum comentário: