.

.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Vice-prefeito presta queixa contra adversário político em Maxaranguape

O vice-prefeito e pré-candidato a prefeito em Maxaranguape, Amaro Junior (PMDB), diz ter sido agredido moral e verbalmente por seu adversário político no município, Luís Eduardo (PSD).
Amaro prestou queixa na Delegacia de Polícia do Município e registrou Boletim de Ocorrência.
O episódio ocorreu sábado, em festa junina na praia de Caraúbas. De acordo com Amaro, ao se dirigir para cumprimentar Luís Eduardo, este o agrediu, empurrando-o e chamando-o de “moleque, idiota” e outras palavras de baixo calão.
Segundo a vítima, a agressão física só não aconteceu porque a população impediu o agressor.
O vice-prefeito decidiu registrar o BO para se proteger de futuras agressões. No BO, consta que Luís Eduardo, antes de partir para a agressão, reclamou que estariam fomentando na cidade que ele havia agredido a sua esposa.
BO

Um comentário:

Maurício Kosima disse...

Não entendo como este veículo de informação faz uma matéria tão tendenciosa como essa. Primeiro, é um boletim de ocorrência ou seja, é um lado da versão. Segundo, não foi agressão física e isso não está no título da matéria. Infelizmente é só mais um caso de inverdade e difamação.