Twitter            

.

.

domingo, 11 de dezembro de 2016

Odebrecht tinha turma do fundão de 5ª série em folha de pagamento para criar apelidos

Em meio aos vazamentos da delação premiada de um dos mais altos executivos da Odebrecht, Cláudio Mello Filho, veio a público também uma denúncia que chocou pais e professores.
A Odebrecht tinha, entre os beneficiários de se “banco da propina”, um sofisticado sistema de pagamentos computadorizado, parte da sala de alunos da quinta série de uma escola pública do Rio de Janeiro.
Chamados de “consultores para apelidos”, a turma era composta de “alunos do fundão”, um grupo de alunos envolvidos em denúncias de bullying contra colegas de classe. Eles eram quem criavam os apelidos para os políticos, desde “boca mole” até “Todo Feio”.
Os alunos não puderam dar entrevista, mas chamaram o repórter do Sensacionalista de “Cu de Mendigo”.
A PF estuda colocar o responsável pelos apelidos de castigo e sem poder jogar videogame até o fim do ano
E tem mais: com o apelido de “meia bomba” na lista de propina, um deputado federal está processando a empreiteira Odebrecht
Veja a lista dos últimos apelidos:
Caju – Romero Jucá (PMDB-RR). Ex-ministro da Casa Civil de Michel Temer.
Justiça – Renan Calheiros (PMDB-AL). Presidente do Senado Federal.
Índio – Senador Eunício de Oliveira (PMDB-CE).
Babel – Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). Exonerado da Secretaria de Governo de Michel Temer.
Bitelo – Deputado Lúcio Viera Lima (PMDB-BA). Irmão de Geddel.
Primo – Eliseu Padilha (PMDB-RS). Ministro da Casa Civil.
Caranguejo – Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Deputado cassado
Polo – Jacques Wagner (PT-BA). Ex-ministro de Dilma Rousseff e ex-governador da Bahia.
Ferrari – Delcídio do Amaral (ex-PT-MS). Senador cassado.
Botafogo – Rodrigo Maia (DEM-RJ). Presidente da Câmara dos Deputados.
Las Vegas – Anderson Dornelles. Assessor de Dilma Rousseff.
Campari – Ex-senador Gim Argello (PTB-DF).
Cerrado, Pequi ou Helicóptero – Senador Ciro Nogueira (PP-PI).
Pino ou Gripado – Senador José Agripino Maia (DEM-RN).
Todo Feio – Ex-deputado Inaldo Leitão.
Corredor – Duarte Nogueira (PSDB-SP). Prefeito eleito de Ribeirão Preto.
Gremista – Deputado Marco Maia (PT-RS).
Tuca – Deputado Arthur Maia (PPS-BA).
Misericórdia – Deputado Antônio Brito (PSD-BA).
Decrépito – Deputado Paes Landim (PTB-PI).
Boca Mole – Deputado Heráclito Fortes (PSB-PI).
Kimono – Arthur Virgílio (PSDB-AM). Prefeito reeleito de Manaus.
Missa – Deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

Nenhum comentário: