.

.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Flagrado em aeroporto de Nova York, Eike Batista diz que vai se entregar à Justiça

eike
À espera do embarque para o Rio de Janeiro no aeroporto JFK, em Nova York, o empresário Eike Batista afirmou em entrevista à TV Globo que volta ao País para responder à Justiça.  Eike embarcará no voo 973 da American Airlines, com previsão de chegada ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – Galeão entre 10h e 10h30 desta segunda.
“Eu tô voltando para responder à Justiça, como é meu dever. Tá na hora de ajudar a passar as coisas a limpo”, disse. “Estou à disposição da Justiça”, completou.
Eike Batista negou a intenção de ir para a Alemanha, país do qual é cidadão. “Não. Eu venho sempre a Nova York, a trabalho”, afirmou.
O advogado de Eike Batista, Fernando Martins, disse ao Broadcast que a estratégia de defesa do empresário ainda está indefinida, inclusive uma possível delação premiada. “Ele estava em uma viagem a negócios. Só combinamos a sua volta e amanhã vamos conversar sobre a estratégia. Após a chegada dele é que vamos definir os procedimentos”, disse, ao ser questionado sobre um pedido de habeas corpus ou de uma possível colaboração premiada.
De acordo com Martins, não houve negociação com a Polícia Federal ou o Ministério Público Federal na busca de melhores condições para o ex-bilionário. Eike Batista não tem o ensino superior completo, por isso poderá ficar em um presídio comum. “Não houve negociação nenhuma. Isso (o presídio) fica a cargo das autoridades. Ele vai se apresentar e a Polícía Federal vai definir (se destino)”, disse Martins.

Nenhum comentário: