.

.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Após entregar chave de cidade a Jesus, prefeito baiano pede desculpa



Depois de entregar a chave da cidade de Ganambi/BA a Jesus Cristo e cancelar “todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais”, Jairo Magalhães, novo prefeito do município, resolveu pedir desculpas.

Em nota, o político disse que respeita “todos os credos” e que “não teve como intenção causar nenhuma dissensão ou debate de cunho religioso”. Alegou que “não estará na contramão da sociedade brasileira” e que “a pluralidade e a diversidade religiosa será respeitada em toda a gestão”.

“A real intenção da publicação, diante do ambiente de intolerância e assustadora violência que atormenta as famílias e a sociedade, foi de apelar a todas as crenças, suplicando a mesma proteção de Deus, que é rogado na nossa Constituição.”

Decreto


O polêmico decreto, que gerou toda a celeuma, foi publicado no início desta semana. Nele, o prefeito recém-empossado declara que a cidade pertence a Deus e que todos os setores da prefeitura municipal estarão sobre a cobertura do “altíssimo”.

“Cancelo em o nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais. E a minha palavra é irrevogável!”

Nenhum comentário: