.

.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Geraldo Melo sobre o caos na Segurança do RN: “O Governador precisa dar um murro na mesa”

z
DESCULPE GOVERNADOR. Como já fui Governador também e sei como é complicado o seu trabalho, tenho evitado o mais possível dar palpite onde não sou chamado. Hoje, peço permissão para dar uma opinião de quem torce pelo Rio Grande do Norte e é contra o “quanto pior melhor”.
Está circulando um comentário inacreditável em torno de uma atitude do Governo estadual, que desacredita completamente o Governo e o Governador.
Não acredito absolutamente que seja verdadeira, e imagino o quanto deve estar incomodando o Governador Robinson Farias. Refiro-me a essa versão de que o Governo estadual negociou ou está negociando alguma coisa — seja lá o que fôr — com uma facção criminosa recolhida a presídios do Estado. Isso seria o mesmo que comunicar diretamente aos detentos que o Governo não tem força suficiente para impôr a Lei, pois estaria precisando da concordância deles para alguma coisa. Curto e grosso: seria o mesmo que dividir o poder com os detentos.
O Governador precisa, IMEDIATAMENTE, dar um murro na mesa, desautorizar quem quer que esteja neste rumo e salvar o seu governo, já que salvar a paz e a segurança dos governados está tão difícil.

Um comentário:

Anônimo disse...

Tem toda razão, ex governador do RN, concordo plenamente com o senhor, a época mais tranquila na segurança foi quando o sr. foi governador, Mão Branca funcionou, morria bandido, fugia bandido para outro estado. Governo que não se garante negocia com bandido pede pra sair governador você não está servindo foraaa.!!