.

.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Transporte público volta a funcionar parcialmente a partir desta tarde em Natal

Foto: Rodrigo Ferreira / Agora RN
O prefeito Carlos Eduardo e o secretário estadual de segurança pública Caio Bezerra reuniram-se, nesta sexta-feira (20), com a presença dos representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn), Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado (Sintro), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Polícia Militar e Guarda Municipal, na sede da Prefeitura para determinar o retorno da circulação dos ônibus em Natal. Ficou definido que uma frota emergencial de 30 ônibus, circulando pelas rotas do “Corujão”, que atende a todos os bairros da capital, entrará em operação desde às 16h e estará nas ruas até às 20h.
A expectativa é que na segunda-feira 100% da frota já esteja nas ruas. Os rodoviários asseguraram que, com o apoio das forças de segurança o trabalho será feito normalmente. O compromisso também foi assumido pelo Seturn. No domingo, estuda-se a possibilidade de operação com 50% da frota, como ocorre normalmente.
A PM, Guarda Municipal e os representantes dos órgãos realizaram uma nova reunião para definir a operacionalização que, segundo o secretário Caio Bezerra terá apoio inclusive de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, cujo mapeamento prévio de trabalho já inclui os corredores de ônibus e as garagens dos veículos em Natal e na região metropolitana.
“Estamos fazendo um esforço comum para reestabelecer o direito de ir e vir do natalense. Temos 850 mil pessoas na nossa cidade e ao menos 500 mil ficaram em casa. Estou vendo todo o esforço do governo do estado e da secretaria de segurança pública. Sem eles não poderíamos ter de volta o transporte coletivo. Juntos, vamos vencer esse problema e resolver”, comentou o prefeito Carlos Eduardo, que desde ontem determinou a atuação da Guarda Municipal em missões de acompanhamento do transporte público.
“A reunião foi muito importante. Definimos as linhas que as empresas vão trabalhar com a operação da Polícia Militar e Guarda Municipal, trabalhando de forma integrada e também assegurando a segurança das garagens, inclusive com o apoio de uma aeronave. A Polícia vai acompanhar a saída dos veículos, os corredores, terminais e os pontos considerados críticos”, explicou o Caio Bezerra.
O secretário adjunto da secretaria de mobilidade de Natal – STTU, Walter Pedro explicou que toda a cidade será atendida pela frota emergencial, vez que as linhas que serão utilizadas e circularão em comboio percorrerão os itinerários dos “Corujões” acrescidos da Linha 33. Dessa forma, toda a área comercial, de clínicas, terminais rodoviários e CBTU estarão cobertas.
“São cinco linhas, sendo quatro ‘Corujão’ e aquela 24h que passarão a operar nesse período de emergência até as 20h e estamos com o objetivo de colocar 30 ônibus para circular, dependendo do nível de segurança que possa ser oferecido isso pode ser ampliado. A tentativa é que na segunda-feira volte tudo ao normal”, explicou o Walter Pedro.

Nenhum comentário: