.

.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Lula e filho arrolam 52 testemunhas em processo da Zelotes


A defesa de Lula e do filho dele, Luis Cláudio Lula da Silva, arrolou nada menos do que 52 testemunhas ao processo em que ambos respondem por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Justiça Federal em Brasília, aberto em consequência da Operação Zelotes.

Os advogados de Lula adotaram a mesma estratégia em ação que tramita na Justiça Federal em Curitiba, tocada por Sérgio Moro, e solicitaram depoimento de 87 pessoas. Quantos mais gente para ser ouvida, mais o processo se arrasta.

O juiz da capital Vallisney de Sousa Oliveira pode aceitar ou não o pleito da defesa. Moro, por exemplo, autorizou, mas não deixou barato: condicionou a realização dos depoimentos à presença de Lula em cada um deles.

6 comentários:

marcelo disse...

Se fosse advogado, me envergonharia de defender o ex-presidente Lula apresentando os argumentos que temos ouvido nos noticiarios dos telejornais. Ao invés de demonstrar e provar a inocencia do cliente, atacam o MP, Força Tarefa e o juiz Sergio Moro. É patetico e revoltante para qualquer cidadão decente, assistir a esse verdadeiro espetaculo de cinismo. O que se ouviu na delação do engenheiro Emyr Costa é algo capaz de denegrir a imagem do advogado e compadre de Lula que deveria sofrer investigação por parte da OAB e perder sua licença de advogado.

Anônimo disse...

O PT sabe que Lula está morto. O que eles tentam agora é uma canonização de seu líder para consumo futuro. Um santo para alimentar a devoção da causa. Lula seria como um Chaves da Venezuela. Um Perón da Argentina. Coisa fora de moda.

IRINEU disse...

OS COXINHAS TENTAM de toda a forma difamar o Lula, para derreter sua candidatura em 2018. Na última pesquisa de semana passada, Lulão aparece com 44%. Este é o medo dos coxinhas.

Anônimo disse...

Me lembro dos meses antes da Dilma sair que parecia teste para cardíacos, ouvir as bravatas que se falavam para defender a anta. Estamos só vivenciando o mesmo processo. A paz reinará quando esse malfeitor maldito for preso, e junto com ele, todos os demais, tipo Aécio, Renan, Jucá, Sarney, Edinho, Dilma, Serra, Alckmin, Gleise, Paes, etc... O mundo vai ficar melhor sem esse lixo humano.

TOM HUSON disse...

É a teoria do domínio do fato???? O que me espanta mais é que com tantas delações apontando caixa dois do PMDB, PSDB, PP, Dem e outros, até agora nenhum tesoureiro, marqueteiro ou puxa-saco desses partidos foi preso. Gozam eles de foro privilegiado também? E o nobre jornalista fica cerrando fogo no lula. Dá a impressão de que quando ele for preso, a coluna tratará dos arranjos de flores para a próxima primavera brasiliense.

Anônimo disse...

Pura apelação! Delação é uma coisa, as provas são outras. E os outros candidatos são santos? A rejeição à Lula caiu; os índices subiram em todos sentidos. Acho que é isso que está preocupando vocês...