.

.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

BRASIL NA LAMA!!! Imprensa internacional repercute lista de Fachin

A notícia de que o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a Procuradoria Geral da República (PGR) a investigar 8 ministros, 3 governadores, 24 senadores e 39 deputados federais foi noticiada em veículos de diferentes países.

O “Clarín”, da Argentina, destacou que o caso atinge ministros do presidente Temer, “entre eles três de primeiríssima linha”: o chefe de gabinete, Eliseu Padilha; o secretário geral da Presidência, Moreira Franco; e o chanceler Aloysio Nunes. “O governo do presidente Michel Temer viu a aparente calma dos últimos dias interrompida”, começa o texto.
Jornal argentino 'El Clarín' repercute lista de Fachin (Foto: Reprodução/ El Clarín.com)

Nos Estados Unidos, o "Washington Post" e a emissora ABC publicaram reportagem da agência Associated Press em que o professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Claudio Couto comenta que "todo partido e todo estado tem alguém lá. Os principais líderes do Congresso, de ambas as casas, estão envolvidos. Essa é a prova de que a corrupção no Brasil é sistêmica e há um grande potencial para que isso desorganize toda a administração a partir de amanhã", afirmou.


Na Alemanha, o site da revista "Der Spiegel" destacou que há 8 ministros na lista e que os citados negam as acusações.

A revista alemã Spiegel publicou nota sobre o caso (Foto: Reprodução/Spiegel)
O jornal francês “Le Parisien” diz que um novo marco no escândalo de corrupção da Petrobras foi alcançado nesta terça com a luz verde do STF para abrir investigações com foco em ministros do "governo conservador de Michel Temer". O jornal abre a nota, inclusive, mencionando que o nome do próprio presidente é mencionado.
Francês 'Le Parisien' publicou nota sobre as investigações (Foto: Reprodução/Le Parisien)

3 comentários:

Anônimo disse...

Adriana são todos farinha do mesmo saco esses políticos do brasil mais vc precisa mostrar também os lava jato Henrique Alves garibaldi Alves mas esses enquanto o brasil detona nas manchetes de jornais você publica reportagem elogiando esse dois pilantrans isso é muito feio você como blogueira radicaliza seu blog.

Anônimo disse...

Hoje já tem três família que votaram no vereador Neguinho Gabi na eleiçao passada que não votam mais nele são a família de Tindo, família da coruja bode Nazareth Gerônimo e a família Raimundo Gomes três família que hoje somar cinquentas votos

Larissa Silva disse...

Interessante ladrão rouba uma galinha é preso políticos rouba milhões e tudo solto! políticos era pra ser que né antigamente ser elegem como cargo de Horan quero vê corria todos corruptos