.

.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Absolvição de Claudia Cruz por Moro deixa o Brasil de olhos arregalados



Claudia Cruz foi absolvida ontem pelo juiz Sérgio Moro da acusação de ter se beneficiado do dinheiro da propina recebida pelo marido, o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. E também dos crimes de lavagem de dinheiro e de evasão fraudulenta de divisas. Na sentença, Moro explica que “Cláudia Cordeiro Cruz foi negligente quanto às fontes de rendimento do marido e quanto aos seus gastos pessoais e da família. Não é, porém, o suficiente para condená-la por lavagem dinheiro”.

A absolvição de Claudia deixou o Brasil de olhos arregalados – mais do que o já conhecido olhar da mulher de Cunha.
A defesa de Claudia conseguiu convencer a Justiça ao provar que ela não é de lavar nada. Nem roupa, nem banheiro. Nem suas próprias calcinhas. O que dirá tanto dinheiro. Pelo jeito, foram convincentes.

Nenhum comentário: