.

.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Senado não vai tentar reverter afastamento de Aécio

Senador Aécio Neves (PSDB-MG) - 2014

Se alimenta a esperança de voltar a ocupar sua cadeira no Congresso, Aécio Neves (PSDB-MG) não poderá contar com qualquer esforço da cúpula do Senado. Pelo menos é o que indicou nesta terça-feira o presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE) ao ser questionado sobre a situação do tucano. “Eu recebi um comunicado do Supremo e, obviamente, nós vamos dar sequência ao cumprimento da decisão”, disse. “Cabe também ao advogado do senador Aécio Neves fazer a sua defesa”, continuou.

O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, afastou Aécio do mandato na última quinta-feira após ele ser flagrado em gravação pedindo 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS. Conforme a decisão, não há prazo para o tucano retomar os trabalhos.

Nenhum comentário: