.

.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

O governador Robinson Faria não recebeu solidariedade nem dos seus secretários

Resultado de imagem para robinson faria
O governador Robinson Faria depois que foi citado na delação dos executivos da JBS de receber “propinas” para financiar sua campanha em troca da privatização da CAERN, não recebeu solidariedade de ninguém.
Nenhum secretário de Estado manifestou confiança e solidariedade ao governador. Os deputados estaduais da base do governo estão calados. Partidos aliados do governo não emitiram notas.
Nem mesmo auxiliares do segundo e terceiro  escalões ou prefeitos e vereadores foram solidários ao governador.
Nem Tatiana Cunha Lima falou em defesa do seu chefe e muito menos seus babões, o babão gordo, o babão careca e o babão cabeludo. Certamente depois deste post do Blog do Primo os” leais” auxiliares poderão se tocarem.
Na regra da convivência politica e administrativa da relação de auxiliares com um governante recomenda que no caso do governador ser alvo de denuncias, os auxiliares e aliados políticos devem manifestar solidariedade, caso contrário, entende-se que  os seus secretários mais próximos não confiam na lisura e honestidade do governador.
A falta de solidariedade dos secretários é tida como uma convalidação dos atos suspeitos que Robinson foi denunciado.
O soldado Vasco disse ao Blog do Primo que os secretários que não manifestem solidariedade em defesa  do governador Robinson Faria deveriam pedir exoneração, seria mais digno em vez de continuarem servindo a um governador suspeito.

Nenhum comentário: