.

.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Governo exige que gravações e delações sejam tornadas publicas já, diz Jucá

Resultado de imagem para Romero Juca e henrique Alves
O líder do governo no Senado, Romero Jucá, assim como os ministros do chamado “núcleo duro” do Planalto, gravou um vídeo para defender o presidente Michel Temer, dizer que o governo exige que as delações de Joesley Batista sejam tornadas públicas e reforçar a estratégia e o discurso do presidente Michel Temer de que o País não pode parar.
“Mais uma vez o Brasil vive um momento em que é preciso ter muita responsabilidade e tranquilidade. Essas acusações que surgiram na imprensa precisam ser investigadas a fundo, por isso exigimos que imediatamente seja tornada publica, não só a delação, mas também as gravações que dizem existir acerca do presidente Michel Temer”, diz Jucá na gravação.
A fala tenta rebater as acusações de que Temer teria dado aval para compra do silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conforme acusou o executivo da JBS, Joesley Batista, em sua delação premiada. Os vídeos foram gravados por volta das 1h30 desta quinta-feira no Palácio do Jaburu, residência oficial de Temer.

Nenhum comentário: