quinta-feira, 15 de agosto de 2019

MALDITA IDEOLOGIA DE GÊNERO: Mãe lésbica é presa após mandar namorada queimar vivo seu bebê de 6 meses



Uma mãe foi presa após ter mandado a namorada queimar seu bebê de seis meses. Hanna Nicole Barker, 23 anos, admitiu para a polícia de Louisiana nos Estados Unidos que mandou sua namorada Felicia Marie-Nicole Smith, 26 anos, queimar seu filho Levi.

O triste caso ocorreu em julho de 2018. Inicialmente, Hanna ligou para a polícia alegando que seu filho havia sido sequestrado. Ela relatou que dois homens haviam entrado em sua casa, jogado spray de pimenta em seus olhos e levado o pequeno Levi.

Pouco depois, a polícia foi informada que Levi havia sido encontrado, ele estava com 90% do corpo queimado. O menino chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu as graves queimaduras. Depois, Hanna admitiu que foi sua namorada Felicia quem queimou o pequeno e quem deu a ordem para isso foi ela.

Ambas estão presas e vão ser julgadas. O julgamento de Hanna vai começar no dia 23 de agosto e caso seja condenada ela pode enfrentar pena de morte.



0 comentários: