Twitter            

.

.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Grupo protesta em favor da vaquejada em frente a Assembleia Legislativa

fotovaquejada
A manhã desta terça-feira (11) foi de movimentação intensa em frente a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Um grupo de manifestantes levaram faixas e cartazes e protestaram em favor da vaquejada, prática que tem sido proibida em diversos estados brasileiros devido aos maus tratos que são realizados aos animais durante as apresentações.
Paulo Saldanha, presidente da Associação dos Vaqueiros Amadores do Rio Grande do Norte (Assovarn) e responsável pela movimentação, falou sobre o protesto:
“Nosso movimento é pacífico e ordeiro. Queremos sensibilizar a nossa classe política para que se una à gente. Estamos lutando pelo futuro de 50 mil pessoas que vivem direta ou indiretamente da vaquejada aqui no estado”, disse ao G1/RN.
Na última quinta-feira (6), o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a lei que regulamentava a prática de vaquejada no estado do Ceará, entretanto, a decisão vale para todo o país e aqueles que desrespeitarem terão de responder por crimes junto à Justiça.

Nenhum comentário: