Twitter            

.

.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Os 52 municípios vencidos pelo PSD de Robinson significam 18% do eleitorado potiguar

z
O PSD do Governador contabiliza a eleição de 52 prefeitos no Rio Grande do Norte. É um fato. Mas pela aritmética o resultado é bem diferente. Nos 10 maiores municípios do Estado, Robinson teve vitória em apenas dois (Macaíba e São José de Mipibú). Ficou sem palanque em Natal e Mossoró. Na capital amargou a vitória esmagadora de Carlos Eduardo (PDT) no 1° turno, com 225.741 votos e uma maioria sobre o segundo colocado (Kelps) de 178.165 votos. Em Mossoró, o candidato do seu partido, o Silveirinha, saiu da disputa e a vencedora foi Rosalba Ciarlini (PP) com 67.476 votos.
Falando do terceiro maior colégio eleitoral do Estado, Parnamirim, o deputado estadual Carlos Augusto Maia (PSD), candidato que recebeu o apoio do governador, perdeu para Taveira (PRB), apoiado pelo atual prefeito Maurício Marques (PDT), por uma diferença de aproximadamente 10% dos votos válidos, exatos 8.997 votos.
Robinson perdeu em São Gonçalo do Amarante, onde o vencedor foi Paulinho da Habitação (PR). Em Macaíba, o governador saiu vencedor com a vitória de Dr. Fernando (PSD), mas a diferença para Marília Dias (PMDB) foi de apenas 5% dos votos válidos. Em Ceará-Mirim, o candidato do governador, Júlio César (PSD), perdeu para Marconi Barreto (PSDB) por uma diferença de 5.816 votos em uma articulação feita de última hora pelo atual prefeito Peixoto (PR), que desistiu da candidatura de Renato Martins (PR) e passou a apoiar Barreto.
Santa Cruz foi mais um município onde o governador ficou sem palanque e a vencedora foi Dra. Fernanda (PMDB) ao obter 66,29% dos votos válidos e uma maioria de 6.604 votos.
Passando por Caicó, o candidato do PSD, Nildson Dantas, ficou em último lugar com apenas 1.614 votos. O prefeito eleito foi Batata (PSDB) ao conquistar 12.687 votos. O partido do governador também ficou sem nenhuma representação na Câmara Municipal.
Em Assú, Dr. Gustavo (PR), irmão do deputado George Soares (PR), venceu Patrício Júnior (PSD), com uma maioria de 1.241 votos. O governador Robinson Faria participou ativamente da campanha, que também teve a participação permanente do atual prefeito Ivan Júnior.
Já Currais Novos foi mais um município onde Robinson Faria ficou sem palanque. O eleito foi Odon Júnior (PT) com uma votação de 10.497 votos.
Por último vem São José de Mipibú, onde o governador esteve no palanque do prefeito reeleito Arlindo Dantas (PCdoB), pai do vice-governador Fábio Dantas (PCdoB). Mas Arlindo sempre foi um líder, conquistando até cadeira na Assembleia Legislativa e disputando com Robinson os votos do Agreste.
Os 52 municípios onde Robinson contabiliza vitória representam apenas 18% do eleitorado potiguar (434.243 eleitores de um universo de 2.401.871). Ele deve saber fazer bem essa conta, mas política muitas vezes é assim, um jogo de faz de conta.

Nenhum comentário: