.

.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

EXCELENTE INICIATIVA: “Grupo paulista vai fazer pelo Alecrim em dois anos o que a prefeitura não fez em 50 anos”

1
Mesmo contribuindo com cerca de 44% do ICMS que é gerando em Natal e com uma média de 100 mil pessoas circulando dia no local o tradicional bairro do Alecrim continua enfrentando o descaso por parte do poder público. A falta de ordenação do comércio informal, limpeza pública, trânsito caótico e necessidade de estacionamento são as principais demandas dos comerciantes e população que frequenta a localidade.
Segundo dados da Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA) cerca de 5 mil estabelecimentos comercias estão em funcionamento no bairro, dado que reforça o título de maior gerador de empregos e renda do Rio Grande do Norte.
E esse título poderá ser fortificado com a chegada de uma novo empreendimento no local. A construção de um shopping center no Alecrim foi comentada pelo presidente da Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (AEBA), Francisco Derneval de Sá. O líder empresarial acredita que um novo equipamento deste porte no bairro poderá ajudar na organização da região. “Esse grupo empresarial vai fazer em dois anos o que a prefeitura não fez em 50 anos no Alecrim”, comemorou.
O empresário potiguar também destacou em sua entrevista ao Agora Jornal a possibilidade de abertura de novas operações no bairro, bem como a melhoria nas necessidades crônicas do local com esse novo equipamento. Confira a entrevista:
O senhor já estava sabendo desse investimento?
Eu já sabia do investimento, tinha conhecimento sobre o empreendimento, também já participamos de algumas reuniões com os empreendedores, com a equipe que encontra-se em Natal fazendo os levantamentos necessários. Eles estão dando andamento na questão burocrática, nos projetos.
O que sabe a respeito?
Será um shopping com a proposta de mil vagas para estacionamento. Para o nosso bairro é fantástico, eles vão fazer em dois anos o que a prefeitura não fez em 50 anos. Nós vamos ter estacionamento muito próximo do comércio, não há dúvidas que para Alecrim será um grande ganho, são aproximadamente 280 lojas. Já existe algumas empresas interessadas em operar no bairro, redes que até então não vieram já estão se movimentando para chegar na região.
Qual a importância de um equipamento deste porte?
É muito importante, configura o que sempre temos dito sobre o Alecrim. O bairro é dos grandes centros comerciais do mercado brasileiro. Com a chegada de um empreendimento desse porte só vai ratificar aquilo que nós mostramos e tentamos fazer com que as autoridades acreditem neste potencial. Só quem não acredita no bairro são as autoridades, mas a população em si acredita e muito no Alecrim. É tanto que não é à toa que nós recebemos 100 mil pessoas dias aqui.
Como o empresariado local observa essa novidade?
A expectativa do empresariado é muito boa, ainda não chegou nos ouvidos da população, das pessoas que circulam, porém eu acho que a imprensa vai já começar a difundir a informação. Será um prêmio para o bairro do Alecrim em nível de mercado um shopping como esse.
É otimista sobre o empreendimento?
Eu sou muito otimista por que os prédios são próprios, já pertence ao grupo investidor. Isso já é muito forte. O projeto é de uma estrutura muito boa. Lojas que não vieram para o bairro por ser considerado de comércio popular já estão se mexendo para fazer parte deste shopping no Alecrim. Com a chegada desta novidade a prefeitura vai ter que tomar posição, organizar a região. O próprio shopping vai passar a exigir uma estrutura melhor do bairro.

Nenhum comentário: