Twitter            

.

.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Polícia registra mais três mortes em Ceará-Mirim, RN; 15 casos em 2 dias

Polícia Militar registrou mais três mortes na madrugada desta quarta (22) (Foto: Divulgação/PM)

Mais três pessoas foram assassinadas em Ceará-Mirim, município da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, os crimes aconteceram na madrugada desta quarta-feira (22). Com isso, chega a 15 o número de homicídios na cidade em apenas dois dias.

Ainda de acordo com a PM, os três assassinatos ocorreram de forma semelhante: homens encapuzados invadiram as residências das vítimas e as executaram com tiros na cabeça. Dois foram mortos dentro de uma casa. Já o terceiro, que estava em outra casa, conseguiu correr para o meio da rua, mas foi alcançado e também acabou morto com um tiro na cabeça.

Das 15 mortes registradas entre a noite da segunda-feira (24) e a madrugada desta quarta (22), 14 delas ocorreram após o assassinato de um sargento da Polícia Militar. Jackson Sidney Botelho Matos, de 42 anos, trabalhava no 11º Batalhão. Ele foi baleado pelas costas em uma lanchonete da cidade.

Investigação
Questionada à cerca de uma eventual represália por causa da morte do sargento, a assessoria de comunicação da Polícia Militar disse que a Polícia Civil está investigando o caso e que a corporação só vai se pronunciar após a conclusão dos inquéritos.
Jackson Botelho, policial militar morto a tiros na Grande Natal (Foto: Divulgação/PM)
Sargento Botelho foi morto na noite da segunda
(Foto: Divulgação/PM)
Até o momento, o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) já confirmou a identidade de 8 vítimas das chacinas.
São elas: Emanuel Klaiton Silva de Andrade, de 18 anos; Kleberson Wendel Pereira da Silva, de 25; Eudes Costa de Andrade, 40; Adelmakson Nascimento Sena, 25; Marcos Antônio de Oliveira, 34; Luciano Duarte Júnior, 27; José Soares da Silva, 17; e Marcílio Maurício Damasceno do Nascimento, de 24 anos.

Nenhum comentário: