Twitter            

.

.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Polícia prende suspeito de matar mãe e filha a tiros em Parnamirim, RN

Rosimeire Martins da Silva, de 29 anos, e Wisla Raila Martins Viana, de apenas 8 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem suspeito de matar mãe e filha a tiros em Parnamirim, na Grande Natal, foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (22). O crime aconteceu em janeiro de 2016. O homem, segundo a polícia, estava escondido na casa de um parente.

O titular da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim, delegado Julio Rocha, explicou que o suspeito foi detido após investigação por força de um mandado de prisão. "Em depoimento ele disse que conhecia as vítimas e que pertence a uma facção criminosa", disse o delegado.

O crime
Mãe e filha, uma vendedora de roupas de 29 anos e uma menina de apenas 8, foram mortas a tiros no dia 23 de janeiro de 2016 dentro de casa em Parnamirim. De acordo com a Polícia Civil, o alvo dos criminosos seria a mãe. Um homem que também estava na residência, também foi baleado, mas  segundo informações da polícia, três homens entraram na residência em busca de Rosemere Martins da Silva, que foi baleada na garagem. A filha dela, Wislla Raylla Martins Viana, tentou correr para a cozinha, mas também foi atingida pelos disparos.

À época, a polícia informou que o companheiro de Rosemere tinha envolvimento com o tráfico de drogas e havia sido morto três meses antes do assassinato de mãe e filha.

Nenhum comentário: