sábado, 28 de setembro de 2019

Número de queimadas na Amazônia cai 25% em setembro

Número de queimadas na Amazônia cai 25% em setembro

As informações de queimadas constam de documento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

No primeiro mês de ação das Forças Armadas na Amazônia para combater queimadas na floresta tropical, a quantidade de incêndios diminuiu 25,1% em relação ao mês de setembro do ano passado.
Ao todo, foram 18.558 focos até esta quinta-feira (26) no bioma amazônico, ante 24.803 em setembro inteiro do ano passado, informa o jornal Estadão.
Historicamente, os focos de incêndio na Amazônia costumam atingir pico em setembro. Devido a grande quantidade de queimadas em agosto, havia o temor de que a situação neste mês seria ainda pior. O que não aconteceu graças ao envio dos militares brasileiros pelo presidente Jair Bolsonaro para controlar o fogo.
Em nota, o Ministério da Defesa defendeu a “efetividade” da operação na floresta:
“Até o momento, os militares e integrantes de agências participantes já combateram mais de 1,6 mil focos de incêndio, detiveram 68 pessoas e lavraram 201 termos de infração, o que resultou na aplicação de R$ 46 milhões em multas. Além disso, os militares destruíram 17 acampamentos ilegais, apreenderam 74 veículos e mais de 20 mil litros de combustível, escavadeiras, motosserras e motobombas.”

0 comentários: