.

.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Fuzileiros navais apreendem celulares e armas brancas em presídio do RN

Penitenciária Estadual de Parnamirim, no RN (Foto: Ricardo Araújo/G1)

Fuzileiros navais apreenderam celulares, drogas e armas brancas na revista realizada na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na Grande Natal, nesta sexta-feira (10). A operação chamada 'Varredura' contou com mais de 500 militares, equipamentos de detecção e cães de guerra, além do apoio dos órgãos de Segurança Pública. A PEP é uma das unidades prisionais potiguares que têm bloqueadores de celular. Mesmo assim, 8 aparelhos de telefone celular foram apreendidos na ação desta sexta.

Fuzileiros navais montaram barreira em frente ao presídio (Foto: Andrea Tavares/G1)

De acordo com a assessoria da Marinha do Brasil, além dos celulares, foram apreendidas 216 armas brancas, 8 baterias, 11 chips de celulares, 48 suspeitas de narcóticos e outros 425 itens proibidos.

Para a revista não houve contato direto dos militares com os detentos, já que os presos foram previamente retirados das carceragens por agentes penitenciários e policiais militares.

A Penitenciária de Parnamirim possui atualmente cerca de 600 detentos. A capacidade, no entanto, é para 288.

Nenhum comentário: