.

.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

U A U !!! Contratações irregulares pesaram na condenação da prefeita de Ouro Branco

De acordo com a denúncia feita pela Coligação Filhos da Terra, cujas provas levaram a juíza Janaína Lobo Maia a cassar o diploma das candidaturas da prefeita reeleita em Ouro Branco, Maria de Fátima Araújo da Silva, e seu vice Francisco Lucena de Araújo Filho, foram vários os crimes cometidos pela chapa.

Sustentou a parte autora, na inicial, que o pleito eleitoral de 2016 na cidade de Ouro Branco encontra-se viciado, uma vez que a investigada Maria de Fátima Araújo da Silva cometeu abuso de poder político, abuso de poder econômico e abuso de publicidade institucional, bem como realizou captação ilícita de sufrágio e contratações indevidas de servidores, além de outras condutas vedadas pela legislação eleitoral.

Mas, de acordo com informações colhidas pelo Blog do Marcos Dantas, o carro chefe foram as contratações irregulares, ao longo dos 4 anos, “tudo com a intenção de buscar adeptos (contratados e seus familiares) para garantir sua reeleição”, disse a fonte ao Blog.

Nenhum comentário: